• Nayara Reynaud

Spirit Awards 2021 | Veja os vencedores e indicados ao prêmio do cinema independente americano

Atualizado: há 2 horas


Chamada para votar no 36º Film Independent Spirit Awards | Imagem: Divulgação (Film Independent)

Tradicional parada final antes do Oscar na temporada de premiações, o Spirit Awards 2021 foi diferente do habitual, não só por causa do evento remoto devido à pandemia de Covid-19, mas, primeiro, pela sua realização na noite desta quinta, 22 de abril, e não na tarde da véspera da cerimônia da Academia. Contudo, a tendência das edições anteriores da mais importante premiação do cinema independente norte-americano servir como último termômetro para o Academy Awards segue com Nomadland (2020), de Chloé Zhao, sagrando-se como o grande ganhador, após receber as estatuetas de Melhor Filme, Direção, Fotografia e Montagem. Na sequência, os três Spirits a O Som do Silêncio / Sound of Metal (2020) garantem um gás ao longa de Darius Marder e ao ator premiado Riz Ahmed nesta reta final da corrida aos Oscars, enquanto os prêmios de Melhor Atriz para Carey Mulligan e Roteiro Original para Emerald Fennell por Bela Vingança / Promissing Young Woman (2020), assim como o de Atriz Coadjuvante para Yuh-Jung Youn por Minari – Em Busca da Felicidade (2020), de Lee Isaac Chung, as fortalecem mais ainda a esta altura do jogo – veja como está a disputa na nossa Escalada do Oscar.



Vale frisar que o longa bósnio Quo Vadis, Aida?, de Jasmila Žbanić, levou o prêmio de Melhor Filme Internacional, no qual concorria o brasileiro Bacurau (2019), de Juliano Dornelles e Kleber Mendonça Filho. Foi marcando a terceira presença consecutiva de uma produção do Brasil na premiação, que teve A Vida Invisível (2019), de Karim Aïnouz, disputando o mesmo troféu na edição passada e, na anterior, Sócrates (2018) garantindo o Prêmio "Someone to Watch" para o diretor estreante Alex Moratto e mais duas indicações. Os indicados foram anunciados, remotamente, pela atriz Laverne Cox, o cineasta Barry Jenkins e diretora e atriz Olivia Wilde ainda no dia 26 de janeiro. Mesmo tendo o maior destaque na lista, com sete indicações, o filme Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre (2020), de Eliza Hittman, saiu de mãos abanando.


O 36º Film Independent Spirit Awards também foi marcado por mudanças que começam no fato de agraciar, pela primeira vez, as produções televisivas. Porém, foram consideradas apenas as séries que estrearam na última temporada, com destaque para I May Destroy You (2020), da HBO, e Nada Ortodoxa (2020), da Netflix, que receberam dois prêmios cada. O evento, aliás, que foi exibido exclusivamente no canal IFC, nos Estados Unidos e Canadá, não contou com transmissão no Brasil.

Veja abaixo os nomes dos vencedores e a lista completa de indicados do Spirit 2021:

CATEGORIAS CINEMATOGRÁFICAS



MELHOR FILME

Vencedor: Nomadland

(Produção: Mollye Asher, Dan Janvey, Frances McDormand, Peter Spears e Chloé Zhao | Searchlight Pictures | *BR: 20th Century Studios Brasil)

A Voz Suprema do Blues

(Produção: Todd Black, Denzel Washington e Dany Wolf | Netflix)

First Cow

(Produção: Neil Kopp, Vincent Savino e Anish Savjani | A24 | *Sem distribuição no BR)

Minari – Em Busca da Felicidade

(Produção: Dede Gardner, Jeremy Kleiner e Christina Oh | A24 | *BR: Diamond Films)

Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre

(Produção: Sara Murphy e Adele Romanski | Universal Pictures)

MELHOR PRIMEIRO FILME

Vencedor: O Som do Silêncio / Sound of Metal

(Direção: Darius Marder | Produção: Bill Benz, Kathy Benz, Bert Hamelinck e Sacha Ben Harroche | Amazon Prime Video)

I Carry You With Me

(Direção: Heidi Ewing | Produção: Heidi Ewing, Edher Campos, Mynette Louie e Gabriela Maire |*Sem distribuição no BR, apenas exibido no Mix Brasil 2020)

Miss Juneteenth

(Direção: Channing Godfrey Peoples | Produção: Toby Halbrooks, Tim Headington, Jeanie Igoe, James M. Johnston, Theresa Steele Page e Neil Creque Williams |*Sem distribuição no BR)

Nine Days

(Direção: Edson Oda | Produção: Jason Michael Berman, Mette-Marie Kongsved, Matthew Linder, Laura Tunstall e Datari Turner |*Sem distribuição no BR)

The Forty-Year-Old Version

(Direção: Radha Blank | Produção: Radha Blank, Inuka Bacote-Capiga, Jordan Fudge, Rishi Rajani, Jennifer Semler e Lena Waithe | Apple TV+)

PRÊMIO JOHN CASSAVETES

(*Filmes com orçamento menor que $500 mil)

Vencedor: Residue

(Direção: Merawi Gerima | Roteiro: Merawi Gerima |*Sem distribuição no BR)

La Leyenda Negra

(Direção: Patricia Vidal Delgado | Roteiro: Patricia Vidal Delgado | Produção: Alicia Herder e Marcel Perez |*Sem distribuição no BR)

Lingua Franca

(Direção: Isabel Sandoval | Roteiro: Isabel Sandoval | Produção: Isabel Sandoval, Darlene Catly Malimas, Jhett Tolentino e Carlo Velayo |*Sem distribuição no BR, apenas exibido no Mix Brasil 2020)

Saint Frances

(Direção: Alex Thompson | Roteiro: Kelly O’Sullivan | Produção: Alex Thompson, James Choi, Pierce Cravens, Ian Keiser, Eddie Linker, Raphael Nash e Roger Welp |*Sem distribuição no BR, apenas exibido na Mostra SP 2019)

The Killing of Two Lovers

(Direção: Robert Machoian | Roteiro: Robert Machoian | Produção: Robert Machoian, Scott Christopherson e Clayne Crawford |*Sem distribuição no BR)

PRODUCERS AWARD (PRÊMIO DOS PRODUTORES)

(*Reconhece e premia produtores revelação)

Vencedor: Gerry Kim

Kara Durrett

Lucas Joaquin

MELHOR DIREÇÃO

Vencedora: Chloé Zhao, por Nomadland

Eliza Hittman, por Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre

Emerald Fennell, por Bela Vingança / Promissing Young Woman

Kelly Reichardt, por First Cow

Lee Isaac Chung, por Minari – Em Busca da Felicidade

PRÊMIO SOMEONE TO WATCH (ALGUÉM PARA OBSERVAR)

(*Premia cineastas de visão única que ainda não foram reconhecidos propriamente)

Vencedora: Ekwa Msangi, por Farewell Amor

Annie Silverstein, por Bull

David Midell, por The Killing of Kenneth Chamberlain

PRÊMIO ROBERT ALTMAN

Vencedor: Uma Noite em Miami / One Night in Miami...

(Direção: Regina King | Direção de Elenco (Casting): Kimberly R. Hardin | Elenco: Kingsley Ben-Adir, Eli Goree, Aldis Hodge e Leslie Odom Jr.)

MELHOR ATRIZ

Vencedora: Carey Mulligan, por Bela Vingança / Promising Young Woman

Frances McDormand, por Nomadland

Julia Garner, por A Assistente

Nicole Beharie, por Miss Juneteenth

Sidney Flanigan, por Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre

Viola Davis, por A Voz Suprema do Blues

MELHOR ATOR

Vencedor: Riz Ahmed, por O Som do Silêncio / Sound of Metal

Adarsh Gourav, por O Tigre Branco

Chadwick Boseman, por A Voz Suprema do Blues

Rob Morgan, por Bull

Steven Yeun, por Minari – Em Busca da Felicidade

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Vencedora: Yuh-Jung Youn (Youn Yuh-Jung), por Minari – Em Busca da Felicidade

Alexis Chikaeze, por Miss Juneteenth

Talia Ryder, por Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre

Valerie Mahaffey, por French Exit

Yeri Han (Han Ye-ri), por Minari – Em Busca da Felicidade

MELHOR ATOR COADJUVANTE

Vencedor: Paul Raci, por O Som do Silêncio / Sound of Metal

Benedict Wong, por Nine Days

Colman Domingo, por A Voz Suprema do Blues

Glynn Turman, por A Voz Suprema do Blues

Orion Lee, por First Cow

MELHOR ROTEIRO

Vencedora: Emerald Fennell, por Bela Vingança / Promissing Young Woman

Alice Wu, por Você Nem Imagina

Eliza Hittman, por Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre

Lee Isaac Chung, por Minari – Em Busca da Felicidade

Mike Makowsky, por Má Educação / Bad Education

MELHOR PRIMEIRO ROTEIRO

Vencedor: Andy Siara, por Palm Springs

Channing Godfrey Peoples, por Miss Juneteenth

James Sweeney, por Straight Up

Kitty Green, por A Assistente

Noah Hutton, por Lapsis

MELHOR FOTOGRAFIA

Vencedor: Joshua James Richards, por Nomadland

Hélène Louvart, por Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre

Jay Keitel, por She Dies Tomorrow

Michael Latham, por A Assistente

Shabier Kirchner, por Bull

MELHOR MONTAGEM (EDIÇÃO)

Vencedora: Chloé Zhao, por Nomadland

Andy Canny, por O Homem Invisível

Enat Sidi, por I Carry You With Me

Merawi Gerima, por Residue

Scott Cummings, por Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre

MELHOR FILME INTERNACIONAL

Vencedor: Quo Vadis, Aida?, de Jasmila Žbanić (Bósnia e Herzegovina)

Bacurau, de Juliano Dornelles e Kleber Mendonça Filho (Brasil)

Felkészülés Meghatározatlan Ideig Tartó Együttlétre / Preparations to be Together for an Unknown Period of Time, de Lili Horvát (Hungria)

La Nuit des Rois / Night of the Kings, de Philippe Lacôte (Costa do Marfim)

The Disciple, de Chaitanya Tamhane (Índia)

MELHOR DOCUMENTÁRIO

Vencedor: Crip Camp: Revolução pela Inclusão

(Direção: Jim LeBrecht e Nicole Newnham | Produção: Jim LeBrecht, Nicole Newnham e Sara Bolder)

Agente Duplo (ou O Espião)

(Direção: Maite Alberdi | Produção: Marcela Santibáñez)

As Mortes de Dick Johnson

(Direção: Kirsten Johnson | Produção: Kirsten Johnson, Katy Chevigny e Marilyn Ness)

Colectiv

(Direção: Alexander Nanau | Produção: Alexander Nanau, Hanka Kastelicová, Bernard Michaux e Bianca Oana)

Time

(Direção: Garrett Bradley | Produção: Garrett Bradley, Lauren Domino e Kellen Quinn)

PRÊMIO TRUER THAN FICTION (MAIS VERDADEIRO QUE A FICÇÃO)

(*Reconhece e premia diretores revelação em longas de não-ficção)

Vencedor: Elegance Bratton, por Pier Kids

Cecilia Aldarondo, por Landfall

Elizabeth Lo, por Stray

CATEGORIAS TELEVISIVAS



MELHOR NOVA SÉRIE ROTEIRIZADA

Vencedora: I May Destroy You

(Criação: Michaela Coel | Produção Executiva: Michaela Coel, Phil Clarke e Roberto Troni | HBO)

A Teacher

(Criação: Hanna Fidell | Produção Executiva: Hanna Fidell, Michael Costigan, Kate Mara, Louise Shore, Jason Bateman e Danny Brocklehurst | Co-Produção Executiva: Daniel Pipski | FX on Hulu | *Sem exibição no BR)

Little America

(Produção Executiva: Lee Eisenberg, Joshuah Bearman, Joshua Davis, Arthur Spector, Alan Yang, Siân Heder, Kumail Nanjiani e Emily V. Gordon | Apple TV+)

Nada Ortodoxa

(Criação: Anna Winger e Alexa Karolinski | Produção Executiva: Anna Winger e Henning Kamm | Netflix)

Small Axe

(Produção Executiva: Tracey Scoffield, David Tanner e Steve McQueen | BBC One e Amazon Prime Video | *Sem exibição no BR)


MELHOR ELENCO EM UMA NOVA SÉRIE ROTEIRIZADA

Vencedor: I May Destroy You

(Elenco: Michaela Coel, Paapa Essiedu, Wruche Opia E Stephen Wight)


MELHOR PERFORMANCE FEMININA EM UMA NOVA SÉRIE ROTEIRIZADA

Vencedora: Shira Haas, por Nada Ortodoxa

Abby McEnany, por Work in Progress

Elle Fanning, por The Great

Jordan Kristine Seamón, por We Are Who We Are

Maitreyi Ramakrishnan, por Eu Nunca...

MELHOR PERFORMANCE MASCULINA EM UMA NOVA SÉRIE ROTEIRIZADA

Vencedor: Amit Rahav, por Nada Ortodoxa

Adam Ali, por Little America

Conphidance, por Little America

Harold Torres, por ZeroZeroZero

Nicco Annan, por P-Valley


MELHOR NOVA SÉRIE NÃO-ROTEIRIZADA OU DOCUMENTAL

Vencedor: Immigration Nation

(Produção Executiva: Christina Clusiau, Shaul Schwarz, Dan Cogan, Jenny Raskin, Brandon Hill e Christian Thompson | Co-Produção Executiva: Andrey Alistratov, Jay Arthur Sterrenberg e Lauren Haber | Netflix)

Atlanta's Missing and Murdered: The Lost Children

(Produção Executiva: Jeff Dupre, Joshua Bennett, Sam Pollard, Maro Chermayeff, John Legend, Mike Jackson e Ty Stiklorius | HBO)

City So Real

(Produção: Zak Piper e Steve James | Produção Executiva: Jeff Skoll, Diane Weyermann, Alex Kotlowitz, Gordon Quinn, Betsy Steinberg e Jolene Pinder | National Geographic | *Sem exibição no BR)

Love Fraud

(Produção Executiva: Rachel Grady, Heidi Ewing, Amy Goodman Kass, Vinnie Malhotra, Jihan Robinson, Michael Bloom e Maria Zuckerman | SHOWTIME | *Sem exibição no BR)

We’re Here

(Criação: Stephen Warren e Johnnie Ingram | Produção Executiva: Stephen Warren, Johnnie Ingram, Eli Holzman, Aaron Saidman e Peter LoGreco | Co-Produção Executiva: Erin Haglund e Sabrina Mar | HBO)


#Cinema #TV #Premiações #Spirit

0 comentário
 siga o NERVOS: 
 @nervossite 
  • Twitter - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • SoundCloud - Black Circle
  • Spotify - Black Circle
  • Deezer - Black Circle
  • iTunes - círculo preto
  • Branco RSS Icon
  • Twitter B&W
  • Facebook B&W
  • Instagram B&W