• Nayara Reynaud

Globo de Ouro 2021 | Veja a lista completa de vencedores e indicados ao prêmio do cinema e da TV

Atualizado: Mai 6


As estatuetas do Globo de Ouro | Foto: Divulgação (HPFA)

Fevereiro se despediu com o Globo de Ouro 2021 dando um gás a esta temporada de premiações mais tardia, por conta da pandemia de Covid-19, embora a força do prêmio da crítica internacional em Hollywood esteja em cheque, seja por algumas escolhas, que há tempos são questionáveis, mas principalmente pelas polêmicas quanto a falhas estruturais e morais na organização da HFPA (Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood), divulgadas há uma semana em uma reportagem do LA Times. O assunto, como era de se esperar, não passou batido pelas apresentadoras Tina Fey e Amy Poehler – que já comandaram o palco entre 2013 e 2015, e desta vez estavam separadas por quilômetros de distância, com a primeira na Costa Leste, direto de Nova York, e a outra na Costa Oeste, em Los Angeles – e pelo também comediante Sacha Baron Cohen, premiado como Melhor Ator em Comédia ou Musical por Borat: Fita de Cinema Seguinte, que fizeram piadas sobre o recorte demográfico dos membros da associação, tanto pela pela idade avançada de muitos quanto predominância de brancos no grupo reduzido de votantes. Entre os vencedores, até houve maior diversidade, mas nem isso nem o humor dos astros citados e outros convidados como Maya Rudolph e Kenan Thompson foram suficientes para esquentar uma morna cerimônia de premiação da 78ª edição dos Golden Globes, que, diferentemente do Emmy em 2020, que foi o primeiro grande evento do gênero a ser realizado neste formato remoto, não conseguiu encontrar ritmo e eficiência nesta dinâmica.


Na parte de cinema, os maiores ganhadores, com duas estatuetas cada, foram Nomadland (2020), que levou os prêmios principais de Melhor Filme e Direção para Chloé Zhao, sagrando-se como apenas a segunda mulher a vencer nesta categoria; a animação Soul (2020) e a já citada comédia Borat: Fita de Cinema Seguinte. A produção norte-americana Minari, de Lee Isaac Chung, levou o Globo de Ouro de Melhor Filme em Língua Estrangeira, apenas por ter menos de 50% de seus diálogos falados em inglês. E, apesar de ter recebido o maior número de indicações, com seis no total, o longa Mank (2020) saiu de mãos abanando, embora o cineasta David Fincher tenha levado na esportiva e virado muitos shots de bebida a cada derrota.


No setor televisivo, o domínio da realeza britânico com a série The Crown (2016-) ficou evidente com a atração abocanhando quatro das seis indicações que havia recebido nas categorias de drama, sendo seguida pelo destaque para a canadense Schitt's Creek (2015-20) no campo da comédia e O Gâmbito da Rainha (2020) entre as minisséries. Essas vitórias ajudaram à Netflix acumular um total de 10 prêmios, saindo como a grande campeã entre os estúdios de cinema e redes de TV e streaming. O domínio da plataforma de streaming nas duas áreas, já existente na edição anterior, se mostrou ainda maior durante o anúncio dos indicados, realizado no último dia 3, virtualmente pelas atrizes Sarah Jessica Parker e Taraji P. Henson, quando a empresa foi agraciada com 22 indicações quanto à Sétima Arte – na sequência, veio a concorrente direta Amazon, somente com sete, enquanto os estúdios Focus, Searchlight, Sony e Disney, receberam cinco, cada – e 20 em TV – a segunda posição do ranking ficou com o canal por assinatura HBO, com sete, e o streaming Hulu, com seis.


E como já tinha sido anunciado antes, a atriz Jane Fonda foi homenageada com o Prêmio Cecil B. DeMille por sua contribuição no cinema, enquanto o equivalente no setor televisivo, o Prêmio Carol Burnett, foi entregue ao roteirista e produtor Norman Lear, que bateu recorde na última edição do Emmy ao ganhar uma estatueta aos 98 anos de idade. A cerimônia de premiação foi transmitida pela TNT, no Brasil, com os comentários de Aline Diniz e Michel Arouca.

Confira os nomes de todos os vencedores e a lista completa de indicados ao Globo de Ouro 2021:

CINEMA MELHOR DRAMA

Vencedor: Nomadland

(Produção: Highwayman, Hear, Say e Cor Cordium | Distribuição: Searchlight Pictures | *BR: 20th Century Studios Brasil)

Bela Vingança / Promissing Young Woman

(Produção: LuckyChap Entertainment e FilmNation Entertainment | Distribuição: Focus Features | *BR: Universal Pictures)

Mank

(Produção: Netflix | Distribuição: Netflix)

Meu Pai / The Father

(Produção: Trademark Films | Distribuição: Sony Pictures Classics | *BR: Califórnia Filmes)

Os 7 de Chicago

(Produção: Marc Platt Productions e Dreamworks Pictures | Distribuição: Netflix)

MELHOR MUSICAL OU COMÉDIA

Vencedora: Borat: Fita de Cinema Seguinte

(Produção: Four By Two Films | Distribuição: Amazon Studios | *BR: Amazon Prime Video)

A Festa de Formatura

(Produção: Netflix, Dramatic Forces e Storykey Entertainment | Distribuição: Netflix)

Hamilton

(Produção: Walt Disney Pictures, RadicalMedia, 5000 Broadway Productions, NEVIS Productions e Old 320 Sycamore Pictures | Distribuição: Walt Disney Studios Motion Pictures | *BR: Disney+)

Music

(Produção: Pineapple Lasagne Productions e Landay Entertainment | Distribuição: Vertical Entertainment e IMAX)

Palm Springs

(Produção: Party Over Here e Limelight Productions | Distribuição: NEON e Hulu | *BR: Sem distribuição)

MELHOR DIREÇÃO

Vencedora: Chloé Zhao, por Nomadland

Aaron Sorkin, por Os 7 de Chicago

David Fincher, por Mank

Emerald Fennell, por Bela Vingança / Promissing Young Woman

Regina King, por Uma Noite em Miami

MELHOR ATRIZ - DRAMA

Vencedora: Andra Day, por Estados Unidos vs Billie Holiday

Carey Mulligan, por Bela Vingança / Promising Young Woman

Frances McDormand, por Nomadland

Vanessa Kirby, por Pieces of a Woman

Viola Davis, por A Voz Suprema do Blues

MELHOR ATOR - DRAMA

Vencedor: Chadwick Boseman, por A Voz Suprema do Blues

Anthony Hopkins, por Meu Pai / The Father

Gary Oldman, por Mank

Riz Ahmed, por O Som do Silêncio / Sound of Metal

Tahar Rahim, por The Mauritanian


MELHOR ATRIZ - MUSICAL OU COMÉDIA

Vencedora: Rosamund Pike, por Eu me Importo

Anya Taylor-Joy, por Emma.

Kate Hudson, por Music

Maria Bakalova, por Borat: Fita de Cinema Seguinte

Michelle Pfeiffer, por French Exit

MELHOR ATOR - MUSICAL OU COMÉDIA

Vencedor: Sacha Baron Cohen, por Borat: Fita de Cinema Seguinte

Andy Samberg, por Palm Springs

Dev Patel, por A Vida Extraordinária de David Copperfield

James Corden, por A Festa de Formatura

Lin-Manuel Miranda, por Hamilton


MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Vencedora: Jodie Foster, por The Mauritanian

Amanda Seyfried, por Mank

Glenn Close, por Era uma Vez um Sonho

Helena Zengel, por Relatos do Mundo / News of the World

Olivia Colman, por Meu Pai / The Father

MELHOR ATOR COADJUVANTE

Vencedor: Daniel Kaluuya, por Judas e o Messias Negro

Bill Murray, por On the Rocks

Jared Leto, por Os Pequenos Vestígios

Leslie Odom Jr., por Uma Noite em Miami

Sacha Baron Cohen, por Os 7 de Chicago


MELHOR ROTEIRO

Vencedor: Aaron Sorkin, por Os 7 de Chicago

Chloé Zhao, por Nomadland

Christopher Hampton e Florian Zeller, por Meu Pai / The Father

Emerald Fennell, por Bela Vingança / Promissing Young Woman

Jack Fincher, por Mank

MELHOR FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA

Vencedor: Minari, de Lee Isaac Chung (Estados Unidos)

(Produção: Plan B | Distribuição: A24 | *BR: Diamond Films)

Druk – Mais Uma Rodada, de Thomas Vinterberg (Dinamarca)

(Produção: Zentropa Entertainments | Distribuição: Samuel Goldwyn Films | *BR: Vitrine Filmes)

La Llorona, de Jayro Bustamante (Guatemala)

(Produção: La Casa de Producción e Les Films du Volcan | Distribuição: Shudder | *Sem distribuição no BR, apenas exibido na Mostra SP 2019)

Nós Duas / Deux, de Filippo Meneghetti (França)

(Produção: Paprika Films | Distribuição: Magnolia Pictures | *Sem distribuição no BR, apenas exibido no Festival do Rio 2019)

Rosa e Momo, de Edoardo Ponti (Itália)

(Produção: Palomar | Distribuição: Netflix)

MELHOR ANIMAÇÃO

Vencedora: Soul

(Produção: Walt Disney Pictures e Pixar Animation Studios | Distribuição: Walt Disney Studios Motion Pictures)

A Caminho da Lua

(Produção: Netflix, Pearl Studio e Glen Keane Productions | Distribuição: Netflix)

Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica

(Produção: Walt Disney Pictures e Pixar Animation Studios | Distribuição: Walt Disney Studios Motion Pictures)

Os Croods 2: Uma Nova Era

(Produção: DreamWorks Animation | Distribuição: Universal Pictures)

Wolfwalkers

(Produção: Cartoon Saloon e Melusine | Distribuição: Apple e GKIDS | *BR: Apple TV+)

MELHOR TRILHA SONORA

Vencedora: Jon Batiste, Atticus Ross e Trent Reznor, por Soul

Alexandre Desplat, por O Céu da Meia-Noite

Atticus Ross e Trent Reznor, por Mank

James Newton Howard, por Relatos do Mundo / News of the World

Ludwig Goransson, por Tenet


MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

Vencedora: "Io Si (Seen)", de Rosa e Momo

(Música: Diane Warren | Letra: Diane Warren, Laura Pausini e Niccolò Agliardi)

"Fight for You", de Judas e o Messias Negro

(Música: H.E.R. e Dernst Emile II | Letra: H.E.R. e Tiara Thomas)

"Hear My Voice", de Os 7 de Chicago

(Música: Daniel Pemberton | Letra: Daniel Pemberton e Celeste Waite)

"Speak Now", de Uma Noite em Miami

(Letra e música: Leslie Odom Jr. e Sam Ashworth)

"Tigress & Tweed", de Estados Unidos vs Billie Holiday

(Letra e música: Raphael Saadiq e Andra Day)

PRÊMIO CECIL B. DEMILLE

Jane Fonda

TELEVISÃO MELHOR SÉRIE - DRAMA

Vencedora: The Crown

(Produção: Left Bank Pictures e Sony Pictures Television | Exibição: Netflix)

Lovecraft Country

(Produção: HBO, Afemme, Monkeypaw, Bad Robot e Warner Bros. Television | Exibição: HBO)

Ozark

(Produção: MRC Television | Exibição: Netflix)

Ratched

(Produção: Fox21 Television Studios | Exibição: Netflix)

The Mandalorian

(Produção: Lucasfilm Ltd. | Exibição: Disney+)

MELHOR SÉRIE - MUSICAL OU COMÉDIA

Vencedora: Schitt's Creek

(Produção: Not A Real Company Productions, Canadian Broadcast Company e Pop TV | Exibição: Pop TV | *BR: Comedy Central e Paramount+)

Emily em Paris

(Produção: Darren Star Productions, Jax Media e MTV Studios | Exibição: Netflix)

Ted Lasso

(Produção: Apple, Doozer Productions, Warner Bros. Television e Universal Television | Exibição: Apple TV+)

The Flight Attendant

(Produção: HBO Max, Berlanti Productions, Yes, Norman Productions e Warner Bros. Television | Exibição: HBO Max | *Sem exibição no BR)

The Great

(Produção: Hulu, Civic Center Media e MRC | Exibição: Hulu | *BR: Starzplay)

MELHOR MINISSÉRIE OU TELEFILME

Vencedora: O Gambito da Rainha

(Produção: Netflix | Exibição: Netflix)

Nada Ortodoxa

(Produção: Studio Airlift e RealFilm | Exibição: Netflix)

Normal People

(Produção: Hulu, BBC e Element Pictures | Exibição: Hulu | *BR: Starzplay)

Small Axe

(Produção: BBC Studios Americas, Inc e Amazon Studios | Exibição: Amazon Studios | *Sem exibição no BR)

The Undoing

(Produção: HBO, Made Up Stories, Blossom Films e David E. Kelley Productions | Exibição: HBO)

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DRAMÁTICA

Vencedor: Emma Corrin, por The Crown

Jodie Comer, por Killing Eve

Laura Linney, por Ozark

Olivia Colman, por The Crown

Sarah Paulson, por Ratched


MELHOR ATOR EM SÉRIE DRAMÁTICA

Vencedor: Josh O'Connor, por The Crown

Al Pacino, por Hunters

Bob Odenkirk, por Better Call Saul

Jason Bateman, por Ozark

Matthew Rhys, por Perry Mason

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DE MUSICAL OU COMÉDIA

Vencedora: Catherine O'Hara, por Schitt's Creek

Elle Fanning, por The Great

Jane Levy, por Zoey e a sua Fantástica Playlist

Kaley Cuoco, por The Flight Attendant

Lily Collins, por Emily em Paris

MELHOR ATOR EM SÉRIE DE MUSICAL OU COMÉDIA

Vencedor: Jason Sudeikis, por Ted Lasso

Don Cheadle, por Black Monday

Eugene Levy, por Schitt's Creek

Nicholas Hoult, por The Great

Ramy Youssef, por Ramy

MELHOR ATRIZ EM MINISSÉRIE OU TELEFILME

Vencedora: Anya Taylor-Joy, por O Gambito da Rainha

Cate Blanchett, por Mrs. America

Daisy Edgar-Jones, por Normal People

Nicole Kidman, por The Undoing

Shira Haas, por Nada Ortodoxa

MELHOR ATOR EM MINISSÉRIE OU TELEFILME

Vencedor: Mark Ruffalo, por I Know This Much Is True

Bryan Cranston, por Your Honor

Ethan Hawke, por The Good Lord Bird

Hugh Grant, por The Undoing

Jeff Daniels, por The Comey Rule

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE, MINISSÉRIE OU TELEFILME

Vencedora: Gillian Anderson, por The Crown

Annie Murphy, por Schitt's Creek

Cynthia Nixon, por Ratched

Helena Bonham Carter, por The Crown

Julia Garner, por Ozark

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE, MINISSÉRIE OU TELEFILME

Vencedor: John Boyega, por Small Axe

Brendan Gleeson, por The Comey Rule

Daniel Levy, por Schitt's Creek

Donald Sutherland, por The Undoing

Jim Parsons, por Hollywood


PRÊMIO CAROL BURNETT

Norman Lear

#Cinema #TV #Premiações #GlobodeOuro

0 comentário
 siga o NERVOS: 
 @nervossite 
  • Twitter - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • SoundCloud - Black Circle
  • Spotify - Black Circle
  • Deezer - Black Circle
  • iTunes - círculo preto
  • Branco RSS Icon
  • Twitter B&W
  • Facebook B&W
  • Instagram B&W