• Nayara Reynaud

GRAMMY 2020 | Veja a lista completa de vencedores e indicados ao prêmio musical


Logo do 62º GRAMMY Awards | Foto: Divulgação

O GRAMMY Awards 2020 se rendeu à bad guy Billie Eilish, a artista de apenas 18 anos que ganhou seis prêmios na maior premiação do mundo da música, neste domingo (26). A jovem venceu nas principais categorias e em algumas técnicas: Gravação e Canção do Ano pelo hit citado, Artista Revelação, Álbum do Ano, Melhor Álbum Vocal Pop e Melhor Engenharia de Som de Álbum Não-Clássico para WHEN WE ALL FALL ASLEEP, WHERE DO WE GO? (2019), além de seu irmão FINNEAS levar como Produtor do Ano de Música Não-Clássica justamente pelo trabalho neste disco.

A grande cerimônia de entrega dos Grammys abriu com uma apresentação explosiva da cantora e rapper Lizzo, que era a mais indicada, concorrendo em oito categorias, terminou a noite com três estatuetas: Melhor Performance Solo de Pop por Truth Hurts, Performance de R&B Tradicional por Jerome e Álbum de Urban Contemporary por Cuz I Love You (Deluxe). Esse foi o mesmo número de vitórias do músico Gary Clark Jr., que levou em Melhor Performance Rock e Canção de Rock por This Land e Álbum de Blues Contemporâneo pelo disco homônimo de 2019. Lil Nas X, que também se destacava com seis indicações, ganhou dois prêmios, de Melhor Performance de Grupo ou Duo Pop por sua colaboração com Billy Ray Cyrus em Old Town Road, que também foi eleito o Melhor Videoclipe; enquanto isso, H.E.R. e Ariana Grande, que concorriam a cinco Grammys, saíram de mãos abanando da festa.

Ainda no campo das revelações que dominaram esta 62ª edição da premiação, a espanhola Rosalía, que ganhou cinco prêmios no LATIN GRAMMY com sua mistura de pop e flamenco, também foi lembrada na premiação principal, vencendo em Álbum de Rock Latino, Urban ou Alternativo pelo emblemático El Mal Querer (2018). E a presença brasileira nos GRAMMYs, com a cantora Thalma de Freitas, junto do pianista Vitor Gonçalves, do violonista Chico Pinheiro, do percussionista Rogerio Boccato e do baterista Duduka Da Fonseca, sendo indicada pela parceria com o compositor John Finbury em Sorte! Music by John Finbury, não conseguiu o troféus de Melhor Álbum de Latin Jazz (Jazz Latino), que foi entregue para Antidote (2019), de Chick Corea & The Spanish Heart Band.

A cerimônia de entrega dos gramofones dourados aconteceu em Los Angeles, com a cantora Alicia Keys, novamente à vontade como anfitriã desta festa que foi marcada por várias homenagens, inclusive dela cantando ao lado do grupo Boyz II Men, ao ex-jogador de basquete Kobe Bryant, falecido neste domingo, 26 de janeiro, em um acidente de helicóptero. Camisas do lendário craque do Los Angeles Lakers surgiram em alguns dos vários números do show principal, que teve desde a volta emocionada de Demi Lovato à primeira apresentação do grupo de k-pop BTS na premiação, ao lado de Lil Nas X, Billy Ray Cyrus, Diplo e Mason Ramsey, além do reencontro da banda Aerosmith com os ícones do hip hop Run-D.M.C. Outros nomes que performanram no palco foram Tyler, the Creator, Billie Eilish, Ariana Grande, H.E.R., Rosalía, Camila Cabello, Jonas Brothers, Gary Clark Jr., Tanya Tucker e Brandi Carlile, John Legend e DJ Khaled, Meek Mill, Blake Shelton e Gwen Stefani, Cindy Lauper e Bonnie Raitt, The Roots, The War and Treaty’s e Preservation Hall Jazz Band, Usher, Common, Charlie Wilson, YG, Ben Platt, da baterista e percussionista Sheila E., do pianista Lang Lang, do violonista Joshua Bell, do músico Trombone Shorty e da bailarina Misty Copeland.

O evento foi realizado em meio ao turbilhão de denúncias que saíram dos bastidores da Academia de Gravação, a organização norte-americana de profissionais da área que é responsável pelo evento. Com o afastamento de sua presidente Deborah Dugan, após uma alegação de má conduta no ambiente de trabalho, na semana retrasada (16), a mesma fez acusações de assédio sexual dentro da The Recording Academy e favorecimentos nas indicações ao prêmio por parte de certos comitês secretos, na última quarta (22) à revista Variety.

O GRAMMY 2020 foi transmitido no Brasil pela TNT, a partir das 21h, com Dane Taranha na apresentação e os comentários de Sarah Oliveira, a eterna VJ da antiga MTV Brasil, enquanto Fernanda Soares e Phelipe Cruz cobrem o tapete vermelho. A cobertura do red carpet começa antes no E! Entertainment, mais exatamente às 20h. A Premiere Ceremony, evento realizado antes da parte televisionada, começou às 17h30, no horário de Brasília, e foi exibida apenas no site da Academia, já adiantando vários prêmios, sob a batuta da cantora Imogen Heap e com performances de Yola, Nicola Benedetti, Chick Corea, I'm With Her e Angélique Kidjo.

Veja a lista completa de vencedores e dos indicados nas 84 categorias do GRAMMY 2020:

GERAL

GRAVAÇÃO DO ANO

Vencedora: bad guy, de Billie Eilish

(Produção Musical: Finneas O'Connell | Engenharia de Som e Mixagem: Rob Kinelski e Finneas O'Connell | Masterização: John Greenham)

7 Rings, de Ariana Grande

(Produção Musical: Charles Anderson, Tommy Brown, Michael Foster e Victoria Monet | Engenharia de Som e Mixagem: Serban Ghenea, John Hanes,Billy Hickey e Brendan Morawski | Masterização: Randy Merrill)

Hard Place, de H.E.R.

(Produção Musical: Rodney “Darkchild” Jerkins | Engenharia de Som e Mixagem: Joseph Hurtado, Jaycen Joshua, Derek Keota e Miki Tsutsumi | Masterização: Colin Leonard)

Hey, Ma, de Bon Iver

(Produção Musical: BJ Burton, Brad Cook, Chris Messina e Justin Vernon | Engenharia de Som e Mixagem: BJ Burton, Zach Hansen e Chris Messina | Masterização: Greg Calbi)

Old Town Road, de Lil Nas X feat. Billy Ray Cyrus

(Produção Musical: Andrew "VoxGod" Bolooki e YoungKio | Engenharia de Som e Mixagem: Andrew "VoxGod" Bolooki e Cinco | Masterização: Eric Lagg)

Sunflower, de Post Malone e Swae Lee

(Produção Musical: Louis Bell e Carter Lang | Engenharia de Som e Mixagem: Louis Bell e Manny Marroquin)

Talk, de Khalid

(Produção Musical: Disclosure e Denis Kosiak | Engenharia de Som e Mixagem: Ingmar Carlson, Jon Castelli, Josh Deguzman, John Kercy, Denis Kosiak, Guy Lawrence e Michael Romero | Masterização: Dale Becker)

Truth Hurts, de Lizzo

(Produção Musical: Ricky Reed e Tele | Engenharia de Som e Mixagem: Chris Galland, Manny Marroquin e Ethan Shumaker | Masterização: Chris Gehringer)

ÁLBUM DO ANO

Vencedor: WHEN WE ALL FALL ASLEEP, WHERE DO WE GO?, de Billie Eilish

(Produção Musical: Finneas O'Connell | Engenharia de Som e Mixagem: Rob Kinelski e Finneas O'Connell | Composição: Billie Eilish O'Connell e Finneas O'Connell | Masterização: John Greenham)

7, de Lil Nas X

(Composição: Montero Lamar Hill | Masterização: Eric Lagg)

Cuz I Love You (Deluxe), de Lizzo

(Produção Musical: Ricky Reed | Engenharia de Som e Mixagem: Manny Marroquin e Ethan Shumaker | Composição: Eric Frederic e Melissa Jefferson | Masterização: Chris Gehringer)

Father of the Bride, de Vampire Weekend

(Produção Musical: Ezra Koenig e Ariel Rechtshaid | Engenharia de Som e Mixagem: John DeBold, Chris Kasych, Takemasa Kosaka, Ariel Rechtshaid e Hiroya Takayama | Composição: Ezra Koenig | Masterização: Emily Lazar)

i, i, de Bon Iver

(Produção Musical: Brad Cook, Chris Messina e Justin Vernon | Engenharia de Som e Mixagem: Zach Hansen e Chris Messina | Composição: BJ Burton, Brad Cook e Justin Vernon | Masterização: Greg Calbi)

I Used to Know Her, de H.E.R.

(Produção Musical: David "Swagg R'Celious" Harris, H.E.R., Walter Jones e Jeff Robinson | Engenharia de Som e Mixagem: Miki Tsutsumi | Composição: Sam Ashworth, Jeff “Gitty” Gitelman, David "Swagg R'Celious" Harris e H.E.R.| Masterização: Colin Leonard)

Norman Fucking Rockwell!, de Lana Del Rey

(Produção Musical: Jack Antonoff e Lana Del Rey | Engenharia de Som e Mixagem: Jack Antonoff e Laura Sisk | Composição: Jack Antonoff e Lana Del Rey | Masterização: Chris Gehringer)

thank u, next, de Ariana Grande

(Produção Musical: Tommy Brown, Ilya, Max Martin e Victoria Monet | Engenharia de Som e Mixagem: Serban Ghenea e Brendan Morawski | Composição: Tommy Brown, Ariana Grande, Savan Kotecha, Max Martin, Victoria Monet, Tayla Parx e Ilya Salmanzadeh | Masterização: Randy Merrill)

CANÇÃO DO ANO

Vencedora: bad guy

(Composição: Billie Eilish O'Connell e Finneas O'Connell | Billie Eilish)

Always Remember Us This Way

(Composição: Natalie Hemby, Lady Gaga, Hillary Lindsey e Lori McKenna | Lady Gaga)

Bring My Flowers Now

(Composição: Brandi Carlile, Phil Hanseroth, Tim Hanseroth e Tanya Tucker | Tanya Tucker)

Hard Place

(Composição: Ruby Amanfu, Sam Ashworth, D. Arcelious Harris, H.E.R. & Rodney Jerkins | H.E.R.)

Lover

(Composição: Taylor Swift | Taylor Swift)

Norman Fucking Rockwell!

(Composição: Jack Antonoff e Lana Del Rey | Lana Del Rey)

Someone You Loved

(Composição: Tom Barnes, Lewis Capaldi, Pete Kelleher, Benjamin Kohn e Sam Roman | Lewis Capaldi)

Truth Hurts

(Composição: Steven Cheung, Eric Frederic, Melissa Jefferson e Jesse Saint John | Lizzo)

MELHOR ARTISTA REVELAÇÃO

Vencedora: Billie Eilish

Black Pumas

Lil Nas X

Maggie Rogers

Rosalía

Tank and The Bangas

Yola

POP

MELHOR PERFORMANCE SOLO DE POP

Vencedora: Truth Hurts, de Lizzo

7 Rings, de Ariana Grande

bad guy, de Billie Eilish

Spirit, de Beyoncé

You Need to Calm Down, de Taylor Swift

MELHOR PERFORMANCE DE GRUPO OU DUO POP

Vencedora: Old Town Road, de Lil Nas X feat. Billy Ray Cyrus

boyfriend, de Ariana Grande e Social House

Señorita, de Shawn Mendes e Camila Cabello

Sucker, de Jonas Brothers

Sunflower, de Post Malone e Swae Lee

MELHOR ÁLBUM VOCAL DE POP TRADICIONAL

Vencedor: Look Now, de Elvis Costello & The Imposters

A Legendary Christmas, de John Legend

Love (Deluxe Edition), de Michael Bublé

, de Andrea Bocelli

Walls, de Barbra Streisand

MELHOR ÁLBUM VOCAL POP

Vencedor: WHEN WE ALL FALL ASLEEP, WHERE DO WE GO?, de Billie Eilish

Lover, de Taylor Swift

No.6 Collaborations Project, de Ed Sheeran

thank u, next, de Ariana Grande

The Lion King: The Gift, de Beyoncé

DANCE / MÚSICA ELETRÔNICA

MELHOR GRAVAÇÃO DANCE

Vencedora: Got to Keep On, de The Chemical Brothers

(Produção: The Chemical Brothers | Mixagem: Steve Dub Jones e Tom Rowlands)

Linked, de Bonobo

(Produção: Simon Green | Mixagem: Simon Green)

Midnight Hour, de Skrillex e Boys Noize feat. Ty Dolla $ign

(Produção: Boys Noize e Skrillex | Mixagem: Skrillex)

Peace of Your Hearts, de Meduza feat. Goodboys

(Produção: Simone Giani, Luca De Gregorio e Mattia Vitale | Mixagem: Simone Giani, Luca De Gregorio e Mattia Vitale)

Underwater, de RÜFÜS DU SOL

(Produção: Jason Evigan e RÜFÜS DU SOL | Mixagem: Cassian Stewart-Kasimba)

MELHOR ÁLBUM DANCE OU ELETRÔNICO

Vencedor: No Geography, de The Chemical Brothers

Hi This Is Flume (Mixtape), de Flume

LP5, de Apparat

Solace, de RÜFÜS DU SOL

Weather, de Tycho

MÚSICA INSTRUMENTAL CONTEMPORÂNEA

MELHOR ÁLBUM INSTRUMENTAL CONTEMPORÂNEO

Vencedor: Mettavolution, de Rodrigo y Gabriela

Ancestral Recall, de Christian Scott aTunde Adjuah

BEAT MUSIC! BEAT MUSIC! BEAT MUSIC!, de Mark Guiliana

Elevate, de Lettuce

Star People Nation, de Theo Croker

ROCK

MELHOR PERFORMANCE ROCK

Vencedora: This Land, de Gary Clark Jr.

History Repeats, de Brittany Howard

Pretty Waste, de Bones UK

Too Bad, de Rival Sons

Woman, de Karen O e Danger Mouse

MELHOR PERFORMANCE DE METAL

Vencedora: 7empest, de Tool

Astorolus: the Great Octopus, de Candlemass feat. Tony Iommi

Bow Down, de I Prevail

Humanicide, de Death Angel

Unleashed, de Killswitch Engage

MELHOR CANÇÃO DE ROCK

Vencedora: This Land

(Composição: Gary Clark Jr. | Gary Clark Jr.)

Fear Inoculum

(Composição: Danny Carey, Justin Chancellor, Adam Jones e Maynard James Keenan | Tool)

Give Yourself a Try

(Composição: George Daniel, Adam Hann, Matthew Healy e Ross MacDonald | The 1975)

Harmony Hall

(Composição: Ezra Koenig | Vampire Weekend)

History Repeats

(Composição: Brittany Howard | Brittany Howard)

MELHOR ÁLBUM ROCK

Vencedor: Social Cues, de Cage The Elephant

Amo, de Bring Me The Horizon

Feral Roots, de Rival Sons

In the End, de The Cranberries

Trauma, de I Prevail

ALTERNATIVO

MELHOR ÁLBUM DE MÚSICA ALTERNATIVA

Vencedor: Father of the Bride, de Vampire Weekend

ANIMA, de Thom Yorke

Assume Form, de James Blake

i, i, de Bon Iver

U.F.O.F., de Big Thief

R&B

MELHOR PERFORMANCE DE R&B

Vencedora: Come Home, de Anderson .Paak feat. André 3000

Could've Been, de H.E.R. feat. Bryson Tiller

Exactly How I Feel, de Lizzo feat. Gucci Mane

Love Again, de Daniel Caesar e Brandy

Roll Some Mo, de Lucky Daye

MELHOR PERFORMANCE DE R&B TRADICIONAL

Vencedora: Jerome, de Lizzo

Built for Love, de PJ Morton feat. Jazmine Sullivan

Real Games, de Lucky Daye

Steady Love, de India.Arie

Time Today, de BJ The Chicago Kid

MELHOR CANÇÃO DE R&B

Vencedora: Say So

(Composição: PJ Morton | PJ Morton feat. JoJo)

Could've Been

(Composição: Dernst Emile II, David “Swagg R’Celious” Harris, H.E.R. e Hue “Soundzfire” Strother | H.E.R. feat. Bryson Tiller)

Look at Me Now

(Composição: Emily King e Jeremy Most | Emily King)

No Guidance

(Composição: Chris Brown, Tyler James Bryant, Nija Charles, Aubrey Graham, Anderson Hernandez, Michee Patrick Lebrun, Joshua Lewis, Noah Shebib e Teddy Walton | Chris Brown feat. Drake)

Roll Some Mo

(Composição: David Brown, Dernst Emile II e Peter Lee Johnson | Lucky Daye)

MELHOR ÁLBUM DE URBAN CONTEMPORARY (VARIAÇÕES DE R&B: POP, ALTERNATIVO, INDIE E ETC.)

Vencedor: Cuz I Love You (Deluxe), de Lizzo

Apollo XXI, de Steve Lacy

Being Human In Public, de Jessie Reyez

Overload, de Georgia Anne Muldrow

Saturn, de NAO

MELHOR ÁLBUM DE R&B

Vencedor: Ventura, de Anderson .Paak

1123, de BJ The Chicago Kid

Ella Mai, de Ella Mai

Painted, de Lucky Daye

Paul, de PJ Morton

RAP

MELHOR PERFORMANCE DE RAP

Vencedora: Racks in the Middle, de Nipsey Hussle feat. Roddy Ricch e Hit-Boy

Clout, de Offset feat. Cardi B

Down Bad, de Dreamville feat. J.I.D, Bas, J. Cole, EARTHGANG e Young Nudy

Middle Child, de J. Cole

Suge, de DaBaby

MELHOR PERFORMANCE DE CANTO E RAP (SOLO OU COLABORAÇÃO)

Vencedora: Higher, de DJ Khaled feat. Nipsey Hussle e John Legend

Ballin, de Mustard feat. Roddy Ricch

Drip Too Hard, de Lil Baby e Gunna

Panini, de Lil Nas X

The London, de Young Thug feat. J. Cole e Travis Scott

MELHOR CANÇÃO DE RAP

Vencedora: A Lot

(Composição: Jermaine Cole, Dacoury Natche, 21 Savage e Anthony White | 21 Savage feat. J. Cole)

Bad Idea

(Composição: Chancelor Bennett, Cordae Dunston, Uforo Ebong e Daniel Hackett | YBN Cordae feat. Chance The Rapper)

Gold Roses

(Composição: Noel Cadastre, Aubrey Graham, Anderson Hernandez, Khristopher Riddick-Tynes, William Leonard Roberts II, Joshua Quinton Scruggs, Leon Thomas III e Ozan Yildirim | Rick Ross feat. Drake)

Racks in the Middle

(Composição: Ermias Asghedom, Dustin James Corbett, Greg Allen Davis, Chauncey Hollis, Jr. e Rodrick Moore | Nipsey Hussle feat. Roddy Ricch e Hit-Boy)

Suge

(Composição: DaBaby, Jetsonmade e Pooh Beatz | DaBaby)

MELHOR ÁLBUM DE RAP

Vencedor: Igor, de Tyler, The Creator

Championships, de Meek Mill

I Am > I Was, de 21 Savage

Revenge of the Dreamers III, de Dreamville

The Lost Boy, de YBN Cordae

COUNTRY

MELHOR PERFORMANCE SOLO DE COUNTRY

Vencedora: Ride Me Back Home, de Willie Nelson

All Your'n, de Tyler Childers

Bring My Flowers Now, Tanya Tucker

Girl Goin' Nowhere, de Ashley McBryde

God's Country, de Blake Shelton

MELHOR PERFORMANCE DE GRUPO OU DUO DE COUNTRY

Vencedora: Speechless, de Dan + Shay

Brand New Man, de Brooks & Dunn com Luke Combs

Common, de Maren Morris feat. Brandi Carlile

I Don't Remember Me (Before You), de Brothers Osborne

The Daughters, de Little Big Town

MELHOR CANÇÃO COUNTRY

Vencedora: Bring My Flowers Now

(Composição: Brandi Carlile, Phil Hanseroth, Tim Hanseroth e Tanya Tucker | Tanya Tucker)

Girl Goin' Nowhere

(Composição: Jeremy Bussey e Ashley McBryde | Ashley McBryde)

It All Comes Out in the Wash

(Composição: Miranda Lambert, Hillary Lindsey, Lori McKenna e Liz Ros | Miranda Lambert)

Some of It

(Composição: Eric Church, Clint Daniels, Jeff Hyde e Bobby Pinson | Eric Church)

Speechless

(Composição: Shay Mooney, Jordan Reynolds, Dan Smyers e Laura Veltz | Dan + Shay)

MELHOR ÁLBUM COUNTRY

Vencedor: While I'm Livin', de Tanya Tucker

Center Point Road, de Thomas Rhett

Desperate Man, de Eric Church

Interstate Gospel, de Pistol Annies

Stronger Than the Truth, de Reba McEntire

NEW AGE

MELHOR ÁLBUM NEW AGE

Vencedor: Wings, de Peter Kater

Deva, de Deva Premal

Fairy Dreams, de David Arkenstone

Homage to Kindness, de David Darling

Verve, de Sebastian Plano

JAZZ

MELHOR SOLO IMPROVISADO DE JAZZ (PERFORMANCE INSTRUMENTAL)

Vencedor: Sozinho

(Solista: Randy Brecker)

Elsewhere

(Solista: Melissa Aldana)

Sightseeing

(Solista: Christian McBride)

The Windup

(Solista: Branford Marsalis)

Tomorrow is the Question

(Solista: Julian Lage)

MELHOR ÁLBUM VOCAL DE JAZZ

Vencedor: 12 Little Spells, de Esperanza Spalding

Alone Together, de Catherine Russell

Love & Liberation, de Jazzmeia Horn

Screenplay, de The Tierney Sutton Band

Thirsty Ghost, de Sara Gazarek

MELHOR ÁLBUM DE JAZZ INSTRUMENTAL

Vencedor: Finding Gabriel, de Brad Mehldau

Christian McBride's New Jawn, de Christian McBride

Come What May, de Joshua Redman Quartet

In the Key of the Universe, de Joey DeFrancesco

The Secret Between the Shadow and the Soul, de Branford Marsalis Quartet

MELHOR ÁLBUM DE BIG BAND

Vencedor: One Day Wonder, de Terraza Big Band

Dancer in Nowhere, de Miho Hazama

Hiding Out, de Mike Holober e The Gotham Jazz Orchestra

The Omni-American Book Club, de Brian Lynch Big Band

Triple Helix, de Anat Cohen Tentet

MELHOR ÁLBUM DE LATIN JAZZ (JAZZ LATINO, MISTURA DE JAZZ COM RITMOS IBERO-AMERICANOS)

Vencedor: Antidote, de Chick Corea & The Spanish Heart Band

Carib, de David Sánchez

Sonero: The Music of Ismael Rivera, de Miguel Zenón

Sorte! Music by John Finbury, de Thalma de Freitas com Vitor Gonçalves, John Patitucci, Chico Pinheiro, Rogerio Boccato e Duduka Da Fonseca

Una Noche Con Rubén Blades, de Jazz At Lincoln Center Orchestra com Wynton Marsalis e Rubén Blades

GOSPEL / MÚSICA CRISTÃ CONTEMPORÂNEA

MELHOR PERFORMANCE OU CANÇÃO (NO CASO DAS INÉDITAS) GOSPEL

Vencedora: Love Theory, de Kirk Franklin

(Composição: Kirk Franklin)

See the Light, de Travis Greene feat. Jekalyn Carr

Speak the Name, de Koryn Hawthorne feat. Natalie Grant

Talkin' 'Bout Jesus, de Gloria Gaynor feat. Yolanda Adams

(Composição: BryanFowler, Gloria Gaynor e Chris Stevens)

This is a Move (Live), de Tasha Cobbs Leonard

(Composição: Tony Brown, Brandon Lake, Tasha Cobbs Leonard e Nate Moore)

MELHOR PERFORMANCE OU CANÇÃO (NO CASO DAS INÉDITAS) DE MÚSICA CRISTÃ CONTEMPORÂNEA (POP, RAP, HIP-HOP E ROCK CRISTÃO)

Vencedora: God Only Knows, de for KING & COUNTRY e Dolly Parton

(Composição: Josh Kerr, Jordan Reynolds, Joel Smallbone, Luke Smallbone e Tedd Tjornhom)

God's Not Done with You (Single Version), de Tauren Wells

Haven't Seen It Yet, de Danny Gokey

(Composição: Danny Gokey, Ethan Hulse e Colby Wedgeworth)

Only Jesus, de Casting Crowns

(Composição: Mark Hall, Bernie Herms e Matthew West)

Rescue Story, de Zach Williams

(Composição: Ethan Hulse, Andrew Ripp, Jonathan Smith e Zach Williams)

MELHOR ÁLBUM GOSPEL (GOSPEL TRADICIONAL, CONTEMPORÂNEO E R&B)

Vencedor: Long Live Love, de Kirk Franklin

Goshen, de Donald Lawrence apresenta The Tri -City Singers

Settle Here, de William Murphy

Something's Happening! A Christmas Album, de CeCe Winans

Tunnel Vision, de Gene Moore

MELHOR ÁLBUM DE MÚSICA CRISTÃ CONTEMPORÂNEA (POP, RAP, HIP-HOP E ROCK CRISTÃO)

Vencedor: Burn the Ships, de for KING & COUNTRY

Haven't Seen It Yet, de Danny Gokey

Holy Roar, de Chris Tomlin

I Know a Ghost, de Crowder

The Elements, de TobyMac

MELHOR ÁLBUM GOSPEL DE RAIZ (GOSPEL TRADICIONAL/RAIZ, COUNTRY, SOUTHERN GOSPEL, BLUEGRASS E AMERICANA)

Vencedor: Testimony, de Gloria Gaynor

Deeper Oceans, de Joseph Habedank

Deeper Roots: Where the Bluegrass Grows, de Steven Curtis Chapman

Gonna Sing, Gonna Shout, com vários artistas

(Produção: Jerry Salley)

His Name is Jesus, de Tim Menzies

MÚSICA LATINA

MELHOR ÁLBUM DE POP LATINO

Vencedor: #ELDISCO, de Alejandro Sanz

11:11, de Maluma

Fantasia, de Sebastian Yatra

Montaner, de Ricardo Montaner

Vida, de Luis Fonsi

MELHOR ÁLBUM DE ROCK LATINO, URBAN OU ALTERNATIVO

Vencedor: El Mal Querer, de Rosalía

ALMADURA, de iLe

Indestructible, de Flor De Toloache

Oasis, de J Balvin e Bad Bunny

X 100pre, de Bad Bunny

MELHOR ÁLBUM DE MÚSICA REGIONAL MEXICANA (INCLUINDO TEJANO, A MÚSICA TEXANA-MEXICANA)

Vencedor: De Ayer para Siempre, de Mariachi Los Camperos

20 Aniversario, de Mariachi Divas De Cindy Shea

Caminando, de Joss Favela

Percepción, de Intocable

Poco a Poco, de La Energia Norteña

MELHOR ÁLBUM LATINO TROPICAL

Vencedor: empate entre A Journey Through Cuban Music, de Aymée Nuviola + Opus, de Marc Anthony

Candela, de Vicente García

Literal, de Juan Luis Guerra 4.40

Tiempo al Tiempo, de Luis Enrique + C4 Trio

AMERICAN ROOTS MUSIC (MÚSICA DE RAIZ NORTE-AMERICANA)

MELHOR PERFORMANCE DE AMERICAN ROOTS (AMERICANA, BLUEGRASS, BLUES, FOLK OU MÚSICA REGIONAL)

Vencedora: Saint Honesty, de Sara Bareilles

Call My Name, de I'm With Her

Faraway Look, de Yola

Father Mountain, de Calexico And Iron & Wine

I'm On My Way, de Rhiannon Giddens com Francesco Turrisi

MELHOR CANÇÃO DE AMERICAN ROOTS (AMERICANA, BLUEGRASS, BLUES TRADICIONAL E CONTEMPORÂNEO, FOLK E MÚSICA REGIONAL)

Vencedora: Call My Name

(Composição: Sarah Jarosz, Aoife O'Donovan e Sara Watkins | I'm With Her)

Black Myself

(Composição: Amythyst Kiah | Our Native Daughters)

Crossing to Jerusalem

(Composição: Rosanne Cash e John Leventhal | Rosanne Cash)

Faraway Look

(Composição: Dan Auerbach, Yola Carter e Pat McLaughlin | Yola)

I Don't Wanna Ride the Rails No More

(Composição: Vince Gill | Vince Gill)

MELHOR ÁLBUM DE AMERICANA (MESCLA DE FOLK, COUNTRY, ROCK E R&B)

Vencedor: Oklahoma, de Keb' Mo'

Tales of America, de J.S. Ondara

Walk Through Fire, de Yola

Who Are You Now, de Madison Cunningham

Years to Burn, de Calexico And Iron & Wine

MELHOR ÁLBUM DE BLUEGRASS (RAIZ DO COUNTRY, MISTURA MÚSICA TRADICIONAL BRITÂNICA/IRLANDESA E MÚSICA APALACHE, COM BLUES E JAZZ)

Vencedor: Tall Fiddler, de Michael Cleveland

If You Can't Stand the Heat, de Frank Solivan & Dirty Kitchen

Live in Prague, Czech Republic, de Doyle Lawson & Quicksilver

Royal Traveller, de Missy Raines

Toil, Tears & Trouble, de The Po’ Ramblin’ Boys

MELHOR ÁLBUM DE BLUES TRADICIONAL

Vencedor: Tall, Dark & Handsome, de Delbert McClinton & Self-Made Men

Baby, Please Come Home, de Jimmie Vaughan

Kingfish, de Christone "Kingfish" Ingram

Sitting on Top of the Blues, de Bobby Rush

Spectacular Class, de Jontavious Willis

MELHOR ÁLBUM DE BLUES CONTEMPORÂNEO

Vencedor: This Land, de Gary Clark Jr.

Brighter Days, de Robert Randolph and The Family Band

Keep On, de Southern Avenue

Somebody Save Me, de Sugaray Rayford

Venon & Faith, de Larkin Poe

MELHOR ÁLBUM FOLK

Vencedor: Patty Griffin, de Patty Griffin

Evening Machines, de Gregory Alan Isakov

Front Porch, de Joy Williams

My Finest Work Yet, de Andrew Bird

Rearrange My Heart, de Che Apalache

MELHOR ÁLBUM DE MÚSICA REGIONAL (MÚSICA HAVAIANA, MÚSICA NATIVA-AMERICANA, CAJUN, ZYDECO, POLKA, ENTRE OUTROS RITMOS REGIONAIS)

Vencedor: Good Time, de Ranky Tanky

Hawaiian Lullaby, com vários artistas

(Produção: Imua Garza e Kimié Miner)

Kalawai'anui, de Amy Hānaiali’i

Recorded Live at 2019 New Orleans Jazz & Heritage Festival, de Rebirth Brass Band

When It's Cold - Cree Round Dance Songs, de Northern Cree

REGGAE

MELHOR ÁLBUM DE REGGAE

Vencedor: Rapture, de Koffee

As I Am, de Julian Marley

Mass Manipulation, de Steel Pulse

More Work to Be Done, de Third World

The Final Battle: Sly & Robbie vs. Roots Radics, de Sly & Robbie e Roots Radics

WORLD MUSIC (GÊNEROS E RITMOS DE OUTROS PAÍSES)

MELHOR ÁLBUM DE WORLD MUSIC

Vencedor: Celia, de Angelique Kidjo

African Giant, de Burna Boy

Fanm d'Ayiti, de Nathalie Joachim com Spektral Quartet

Gece, de Altin Gün

What Heat, de Bokanté e Metropole Orkest conduzida por Jules Buckley

INFANTIL

MELHOR ÁLBUM INFANTIL

Vencedor: Ageless: Songs for the Child Archetype, de Jon Samson

Flying High!, de Caspar Babypants

I Love Rainy Days, de Daniel Tashian

The Love, de Alphabet Rockers

Winterland, de The Okee Dokee Brothers

SPOKEN WORD (RECITAÇÃO)

MELHOR ÁLBUM FALADO (POESIA, AUDIO BOOKS E NARRAÇÃO DE HISTÓRIAS)

Vencedor: Becoming, de Michelle Obama

Beastie Boys Book, com vários artistas

(Produção: Michael Diamond, Adam Horovitz, Scott Sherratt e Dan Zitt)

I.V. CATATONIA: 20 Years As A Two-Time Cancer Survivor, de Eric Alexandrakis

Mr. Know-It-All, de John Waters

Sekou Andrews & The String Theory, de Sekou Andrews & The String Theory

COMÉDIA

MELHOR ÁLBUM DE COMÉDIA

Vencedor: Sticks & Stones, de Dave Chappelle

Quality Time, de Jim Gaffigan

Relatable, de Ellen DeGeneres

Right Now, de Aziz Ansari

Son of Patricia, de Trevor Noah

TEATRO MUSICAL

MELHOR ÁLBUM DE TEATRO MUSICAL

Vencedor: Hadestown

(Solistas Principais: Reeve Carney, André De Shields, Amber Gray, Eva Noblezada e Patrick Page | Produção: Mara Isaacs, David Lai, Anaïs Mitchell e Todd Sickafoose | Composição e letra: Anaïs Mitchell | Elenco original da Broadway)

Ain't Too Proud: The Life and Times of The Temptations

(Solistas Principais: Saint Aubyn, Derrick Baskin, James Harkness, Jawan M. Jackson, Jeremy Pope e Ephraim Sykes | Produção: Scott M. Riesett | Elenco original da Broadway)

Moulin Rouge! The Musical

(Produção: Danny Burstein, Tam Mutu, Sahr Ngaujah, Karen Olivo e Aaron Tveit | Produção: Justin Levine, Baz Luhrmann, Matt Stine e Alex Timbers | Elenco original da Broadway)

Oklahoma!

(Solista Principal: Damon Daunno, Rebecca Naomi Jones, Ali Stroker, Mary Testa e Patrick Vaill | Produção: Daniel Kluger e Dean Sharenow | Composição: Richard Rodgers | Letra: Oscar Hammerstein II | Elenco da Broadway de 2019)

The Music of Harry Potter and the Cursed Child - In Four Contemporary Suites

(Produção: Imogen Heap | Composição: Imogen Heap | Imogen Heap)

MÚSICA PARA MÍDIA VISUAL

MELHOR COMPILAÇÃO DE TRILHA SONORA PARA MÍDIA VISUAL (SELEÇÃO MUSICAL PARA ÁLBUM DE TRILHA SONORA)

Vencedora: A Star Is Born Soundtrack, de Lady Gaga e Bradley Cooper (