• Nayara Reynaud

Cine Resumão #59 | Quinzenal de 04 a 20/03 (Especial Coronavírus)

Atualizado: Jun 27


Foi uma primeira quinzena de mês bem conturbada com a crescente da pandemia do Covid-19 pelo mundo e os casos se intensificando no Brasil, e a indústria do cinema não saiu ilesa. A bem da verdade, o setor do entretenimento como um todo foi um dos primeiros a sentir os efeitos dessa crise global, com adiamentos e cancelamentos de eventos ainda nos meses anteriores, que aumentaram significativamente nos últimos dias. O Cine Resumão #59 reúne todas essas informações sobre as consequências do Coronavírus na Sétima Arte, além de outras notícias de 4 a 20 de março.

Em Breve (#sqn)

A seção que geralmente vem por último no nosso Cine Resumão foi a que ganhou mais destaque recentemente no noticiário cultural, já que as datas de lançamentos de inúmeros filmes sofreram alterações, sendo postergados por meses, um ano ou por tempo indeterminado, como você confere a seguir:

  • Quem já se antecipou à crise foi James Bond, com a Universal Pictures sendo uma das primeiras a se manifestar e remarcando a estreia de 007 – Sem Tempo Para Morrer (2020) no Brasil para 19 de novembro – uma semana depois do lançamento no Reino Unido e uma antes dos Estados Unidos. Na quinta passada (12), foi a vez de a distribuidora soltar nota para a “família de fãs de Velozes”, avisando que, como “se tornou claro que não vai ser possível para todos os nossos fãs ao redor do mundo assistir ao filme em maio”, a empresa mudou a data do lançamento mundial de Velozes e Furiosos 9 (2021) para abril de 2021, com a América do Norte lançando em 2 de abril". Já Trolls 2 (2020), cuja estreia no Brasil tinha sido antecipada para 9 de abril antes de tudo isso, teve seu lançamento adiado e, nesta sexta (20), teve uma data definida pela empresa no Brasil: 8 de outubro de 2020. Já nos Estados Unidos, o estúdio lançará a animação, simultaneamente nos cinemas e em home video, no dia 10 de abril, enquanto a janela de exibição dos títulos da Universal que estavam em cartaz nos cinemas norte-americanos será antecipada e os longas O Homem Invisível (2020), Emma (2020) e A Caçada (2020) já estarão disponíveis em VOD (video on demand) nesta sexta (20) nos EUA, como forma de driblar as consequências da pandemia. Ainda não se sabe se medida semelhante será adotada no Brasil, onde o primeiro filme já estava em cartaz desde 27 de fevereiro e os outros tinham previsão de entrarem nos cinemas em 23 de abril e 28 de maio, respectivamente.

  • Na quinta passada (12), a Paramount Pictures informou que “irá alterar a data de lançamento de Um Lugar Silencioso – Parte II (2020) mundialmente, inclusive no Brasil”. A sequência de Um Lugar Silencioso (2018) que estrearia nesta última quinta, 19 de março, ainda não tem previsão de lançamento, mas a distribuidora, que afirmou desejar colocar o filme nos cinemas “o mais rápido possível”, declarou que uma nova data será definida assim que tiver “uma percepção melhor do impacto dessa pandemia no mercado de cinema global”. Nos Estados Unidos, o estúdio também adiou por tempo indeterminado a chegada nos cinemas da comédia romântica The Lovebirds (2020), que aconteceria no próximo dia 3 de abril, e do policial britânico Blue Story (2019), que ocorreria de forma limitada nesta sexta, 20 de março.

  • Na sexta (13), foi a vez do filme nacional Três Verões (2019), também marcado para estrear na última quinta, 19 de março, adiar seu lançamento em função do Coronavírus, a fim de “não expor o público ao risco de contração do vírus”. A Vitrine Filmes, distribuidora do longa de Sandra Kogut que é estrelado por Regina Casé, declara que “continuará acompanhando como a situação seguirá nas próximas semanas, antes de marcar uma nova data”. A empresa depois anunciou o adiamento de outro de seus próximos lançamentos para até abril: o documentário Chão (2019), então previsto para 26 de março; e as ficções A Febre (2019) e Pacarrete (2019), que entrariam no circuito em 16 e 30 de abril, respectivamente.

  • Mas foi nesta segunda (16), que o mercado nacional não pode ignorar a gravidade da crise sanitária do Covid-19, com o adiamento de todos os filmes que estreariam na última quinta, 19 de março. A Embaúba Filmes anunciou o adiamento da estreia conjunta dos médias-metragens brasileiros Vaga Carne (2019) e Sete Anos em Maio (2019), com a nova data a ser anunciada nas redes sociais, assim que possível. A Supo Mungam adiou o lançamento do longa alemão O Chão Sob Meus Pés (2019) “por tempo indeterminado”. A Pandora Filmes anunciou o adiamento da comédia israelense Tel Aviv em Chamas (2018) e também do longa nacional New Life S.A. (2019), antes previsto para 2 de abril.

  • A Paris Filmes, por sua vez, adiou não somente a estreia do drama A Jornada (2019), que aconteceria nesta quinta, 19 de março, como de todos os seus lançamentos de abril: o filme de máfia britânico Magnatas do Crime (2020), que seria no dia 2; o terror espanhol O 3º Andar (2020), no dia 9; o romance juvenil gospel Enquanto Estivermos Juntos (2020), dia 16; o horror sul-coreano As Faces do Demônio (2019), em 23; e o nacional Depois a Louca Sou Eu (2019), dia 30. A distribuidora disse em nota que informará, “assim que possível, as suas novas datas de estreia”.

  • Da mesma forma, a Imovision decidiu adiar, por tempo indeterminado, a sua lista de títulos previstos para este ano, a partir da produção francesa Quarto 212 (2019), que entraria no circuito na última quinta (19). “Assim que a situação se normalizar”, informa a distribuidora, serão anunciadas as novas datas para este filme e os seguintes longas: Transtorno Explosivo (2019), Babenco – Alguém Tem que Ouvir o Coração e Dizer: Parou (2019), Sybil (2019), Os Tradutores (2019), Alice e o Prefeito (2019), Anna (2019), Uma Janela para o Mar (2019), Correndo por um Sonho (2020), Ema (2019), Nós Duas (2019), About Endlessness (2019), The Perfect Candidate (2019) e Um Divã na Tunísia (2019).

  • A A2 Filmes também cancelou a estreia do filme russo Meu Querido Elfo (2019) e afirmou que irá “adiar a estreia dos seus próximos lançamentos até a situação se normalizar no país”, sem informar especificamente os títulos, mas prometendo anunciar em breve as novas datas.

  • Na terça (17), foi a vez da Pagu Pictures informar que “as estreias de Skin – À Flor da Pele (2018), que seria em 26 de março, e de Tommaso (2019), que estava prevista para 9 de abril, foram adiadas para novas datas ainda não determinadas, devido à pandemia do novo Coronavírus”.

  • Algumas produções nacionais também foram adiadas, a exemplo dos filmes sobre o caso Von Richthofen, A Menina que Matou os Pais (2020) e O Menino que Matou Meus Pais (2020), que estariam nos cinemas a partir de 2 de abril. A Galeria Distribuidora e a Santa Rita Filmes, “mantêm a estreia dos longas em 2020, ainda sem data definida”, conforme a nota divulgada na quinta da semana passada (12). Outro lançamento marcado para a mesma data, Aos Olhos de Ernesto (2019), também foi postergado pela produtora Casa de Cinema de Porto Alegre e a distribuidora Elo Company, já que o longa que tem um idoso como protagonista é um “filme em defesa da vida”, como alega a nota da última sexta (13), que completa que “a nova data de lançamento ainda será definida”. No mesmo dia, a Downtown Filmes e a produtora Camisa Listrada informaram o adiamento da comédia No Gogó do Paulinho (2020), que seria lançada em 16 de abril, e que, mesmo sem uma “nova data confirmada, o filme mantém a previsão de estreia para o ano de 2020”.

  • Logo depois, foi a vez da Sony Pictures anunciar que Bloodshot (2020) também será disponibilizado nas plataformas VOD no dia 24 de março, nos Estados Unidos. Antes, a sequência Pedro Coelho 2: O Fugitivo (2020) teve sua estreia adiada. Por enquanto, não há nenhum anúncio da divisão brasileira sobre remarcações de datas de seus próximos lançamentos nos cinemas ou home video.

  • Mundialmente, a Disney também adiou seus lançamentos que estavam previstos até maio: Mulan (2020), Os Novos Mutantes (2020), Espíritos Obscuros (2020) e Viúva Negra (2020). A empresa não informou nenhuma nova data de estreia para os títulos, nem se a media anunciada nesta sexta (20), de adiantar a chegada da animação Dois Irmãos – Uma Jornada Fantástica (2020) nas plataformas digitais já hoje à noite, se repetiria aqui de alguma forma. Por enquanto, Frozen II (2019) já chegou em forma de pré-lançamento nos serviços de VOD.

  • Aqui no Brasil, a Olhar Distribuidora informou que o filme Nóis por Nóis (2018), longa de Aly Muritiba e Jandir Santin que acompanha a vida de jovens da periferia curitibana e teve seu lançamento nos cinemas interrompido devido a crise causada pelo Covid-19, será lançado nas plataformas digitais NOW, Vivo Play e Oi Play, em 09 de abril.

  • Além disso, vale frisar que a CinemaCon 2020, importante convenção anual da indústria do cinema, que seria realizada de 30 de março a 2 de abril, em Las Vegas, foi cancelada.

Bilheteria

A nossa seção de Bilheteria também ganhou evidência, a partir do momento em que as redes de cinema foram, gradualmente, comunicando o fechamento das salas em decorrência da pandemia – lembrando que, no Rio de Janeiro, isso ocorreu devido um decreto do governo estadual na sexta, dia 13 de março.

  • O Espaço Itaú de Cinema foi um dos primeiros a se manifestar, na última segunda (16), comunicando o fechamento gradativo de suas unidades, por tempo indeterminado: as do Rio de Janeiro e Brasília já estavam fechadas desde o final de semana anterior; as de São Paulo, a partir de terça (17); a de Salvador, na quarta (18); e as de Curitiba e Porto Alegre, de quinta (19). Além disso, a Cinesala, tradicional cinema de rua em São Paulo que pertence ao mesmo grupo exibidor, também encerrou suas atividades por tempo indeterminado, desde terça.

  • O Instituto Moreira Salles, que já havia informado, na última sexta (13) sobre o fechamento do IMS Rio a partir do sábado seguinte, 14 de março. Mas, também na segunda (16), anunciou o fechamento de suas duas outras unidades, IMS Paulista e IMS Poços, a partir de 17 de março, por tempo indeterminado. A instituição ainda comunicou que conteúdos serão disponibilizados pela Rádio Batuta, plataforma digital do IMS, onde foi lançado na última quinta (19) o documentário Stephen Sondheim – Inteligência e Mágica na Broadway, sobre o célebre compositor do teatro e cinema musical.

  • Também na segunda (16), o Sesc SP divulgou o comunicado anunciando o fechamento de todas as suas unidades, incluindo o CineSesc, “inicialmente, de 17 a 31 de março”. A nota ainda esclarece que "os valores de ingressos, cursos e excursões serão ressarcidos (...) e que as vagas de todos os cursos e tratamentos odontológicos serão mantidas".

  • Na terça (17), foi divulgada a carta da Feneec (Federação Nacional das Empresas Exibidoras Cinematográficas) e o Sindicato das Empresas Cinematográficas do Estado de São Paulo pedindo “ao governador de São Paulo, João Doria, que assuma o papel de fechar as salas de cinema de todo o estado, na forma da lei. As empresas exibidoras entendem que a grave situação colocada pela pandemia da Covid-19 é urgente e demanda uma resposta rápida que somente o Estado está habilitado a tomar. Infelizmente o fechamento das salas por iniciativa das empresas demandaria negociações com cada uma das empresas administradoras de cada shopping onde existe uma sala de cinema, o que seria penoso e lento. Os shoppings pertencem a diferentes grupos econômicos, com participação de investidores, fundos de previdência, fundações e outros, o que demandaria diversas instâncias de negociação, resultando num prazo para solução dos problemas que a saúde pública não tem. O bem estar dos espectadores de cinema e dos funcionários das empresas de cinema é hoje a nossa prioridade”. Outras cartas similares foram enviadas nos demais estados onde ainda não foi determinado o fechamento dos cinemas.

  • A rede Kinoplex também realizou o fechamento dos seus cinemas em todo o Brasil a partir desta quinta (19) e informa que “todas as informações sobre as datas de reabertura de cada cinema e assuntos relacionados poderão ser consultadas na página promo.kinoplex.com.br/informativo”.

  • Outros exibidores que fecharam seus cinemas durante a semana foram: o Petra Belas Artes, em São Paulo, com a suspensão de atividades a partir de terça, 17 de março; o Reserva Cultural SP – o de Niterói-RJ já estava fechado no final de semana –, UCI e PlayArte encerraram nesta quinta (19).

  • As bilheterias no final de semana passado já foram afetadas pela crise chegando nas Américas. Nos Estados Unidos, a animação Dois Irmãos liderou o ranking, com apenas US$ 10,6 milhões arrecadados, segundo o Box Office Mojo. O filme de ação Bloodshot vem em segundo, com US$ 9,2 milhões; o romance biográfico Enquanto Estivermos Juntos ocupa a terceira posição, com US$ 9,1 milhões. Completam o Top 5 o remake O Homem Invisível e o thriller A Caçada, respectivamente com 5,9 e 5,3 milhões de dólares.

  • O mesmo aconteceu no Brasil, com a diferença que Bloodshot estreou na liderança do Top 10, segundo o Filme B Box Office. No entanto, o longa estrelado por Vin Diesel arrecadou apenas R$ 2,93 milhões no fim de semana, sendo seguido por Dois Irmãos, com R$ 1,5 milhão; o live action Sonic – O Filme (2020), com R$ 1,15 milhão; O Homem Invisível, com R$ 1,1 milhão; e o terror russo A Maldição do Espelho (2019), no quinto lugar com pouco mais de R$ 700 mil arrecadados. Confira os dados e a lista completa Top 10 Brasil na página do Cine Resumão.

  • Enquanto isso, segue a campanha de crowdfunding para reabertura do Cine Matilha, que segue recebendo doações até 09 de abril para cobrir os gastos da reforma e deixar a sala cômoda para receber seu público neste ano, através do site: benfeitoria.com/cinematilha.

Em Exibição

  • Em termos de mostras, várias foram suspensas, como as dos Centros Culturais Banco do Brasil, que se encontram fechados temporariamente para exposições e demais atividades desde o último sábado (14), nas unidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, e de segunda (16), em Belo Horizonte.

  • A “Mostra Abraccine – 9 Curtas de 2019”, que já havia levado nove curtas da lista de melhores do ano da Associação Brasileira de Críticos de Cinema para São Paulo, no último dia 12, também foi adiada por tempo indeterminado. Em nota, a Abraccine afirma que a mostra itinerante irá para o Rio de Janeiro, Goiânia, Salvador, Manaus, Fortaleza, Curitiba, Belo Horizonte, Recife, Porto Alegre e Pelotas, e que “as novas datas serão anunciadas assim que marcadas”.

  • E já que é momento de se resguardar em casa e respeitar a quarentena para o bem comum, não faltam novidades chegando às mais diversas plataformas digitais. O Telecine Play, serviço de streaming da rede de canais por assinatura que está com o sinal aberto nas principais operadoras de TV paga, tem um recente filme de Woody Allen e várias estreias chegando por lá. O drama estrelado por Kate Winslet e Justin Timberlake, Roda Gigante (2017) desembarcando na plataforma nesta sexta, 20 de março. A Superestreia da Semana, o spin-off Velozes & Furiosos: Hobbs & Shaw (2019), que traz uma missão conjunta dos personagens de Dwayne Johnson e Jason Statham, chega com tudo neste sábado, dia 21. E a comédia nacional Vai Que Cola 2: O Começo (2019), que estreia na TV no sábado seguinte (28), já fica disponível no Telecine Play a partir desta quinta, dia 26.

  • Para os assinantes da Netflix, as novidades são os filmes originais Lost Girls – Os Crimes de Long Island (2020), drama baseado em uma história real que traz Amy Ryan como uma mãe em busca da filha desaparecida e que se depara com uma série de assassinatos não solucionados, que chegou à plataforma de streaming na última sexta, 13 de março; e o terror espanhol O Poço (2019), cuja trama se passa em uma prisão onde os detentos dos andares baixos se alimentam com as sobras dos andares mais altos, e um homem luta para que todos recebam o suficiente, que estreia nesta sexta (20). Também hoje, chegam ao serviço os três últimos filmes da franquia Jogos Vorazes: os longas Jogos Vorazes: Em Chamas (2013), Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1 (2014) e Jogos Vorazes: A Esperança – O Final (2015). No domingo, dia 22, é a vez do drama britânico Eu, Daniel Blake (2016), vencedor da Palma de Ouro, desembarcar na Netflix, que também estreia a sua produção original Notas de Rebeldia (2020) na próxima sexta, dia 27, na qual um jovem (Mamoudou Athie) enfrenta a reprovação do pai (Courtney B.Vance) ao lutar pelo sonho de se tornar sommelier ao invés de tocar o tradicional restaurante da família neste longa assinado por Prentice Penny.

  • Já no Amazon Prime Video, as novidades são a chegada do terror “solar” Midsommar: O Mal Não Espera a Noite (2019), novo longa de Ari Aster que é estrelado por Florence Pugh, na última quinta (19); e da produção original Blow The Man Down (2019), drama dirigido e escrito por Bridget Savage Cole e Danielle Krudy, no qual as irmãs Mary Beth (Morgan Saylor) e Priscilla (Sophie Lowe), matam um estranho em legítima defesa numa pequena vila de pescadores de Easter Cove e precisam se livrar do corpo, nesta sexta (20).

  • A Spcine Play, única plataforma pública de streaming do Brasil, liberou, a partir da última terça, 17 de março, todo o seu conteúdo gratuitamente para ser assistido de qualquer lugar do país, por 30 dias. Um dos destaques do catálogo neste período é o “Especial Mês da Mulher”, que ganhou sete novos filmes dirigidos por mulheres nesta quinta (19): seis obras da cineasta Ana Carolina e O Despertar das Formigas (2019), da diretora costarriquenha Antonella Sudasassi Furniss.

  • O Petra Belas Artes à la Carte, plataforma de streaming do tradicional cinema de rua de São Paulo, destaca a chegada de dois clássicos no seu cardápio cinéfilo, a partir desta quinta (19): O Criado (1963), drama de Joseph Losey, estrelado por Dirk Bogarde, e a ficção científica O Dia do Golfinho (1973), do grande diretor Mike Nichols.

  • E uma nova plataforma de streaming chegou neste ínterim, com o lançamento da Filme Filme no dia 5 de março, trazendo como proposta um catálogo dividido em três vertentes: Filmes de Festivais, com títulos que passaram pelos principais eventos cinematográficos do mundo, Documentários, repleto de longas relevantes do gênero, e Populares, que inclui filmes que fizeram sucesso em diferentes cantos do mundo.

#Cinema #lançamento #007SemTempoParaMorrer #VelozeseFuriosos9 #Trolls2 #OHomemInvisível2020 #Emma2020 #ACaçada #UmLugarSilenciosoParteII #TheLovebirds #BlueStory #TrêsVerões #Chão #AFebre #Pacarrete #VagaCarne2019 #SeteAnosemMaio #OChãoSobMeusPés #TelAvivemChamas #NewLifeSA #AJornada #MagnatasdoCrime #O3ºAndar #EnquantoEstivermosJuntos #AsFacesdoDemônio #DepoisaLoucaSouEu #Quarto212 #TranstornoExplosivo #BabencoAlguémTemqueOuviroCoraçãoeDizer #Sybil #OsTradutores #AliceeoPrefeito #Anna2019 #UmaJanelaparaoMar #CorrendoporumSonho #Ema #MeuQueridoElfo #SkinÀFlordaPele #Tommaso #AMeninaqueMatouosPais #OMeninoqueMatouMeusPais #AosOlhosdeErnesto #NoGogódoPaulinho #AvesdeRapina #Bloodshot #PedroCoelho2OFugitivo #Mulan2020 #OsNovosMutantes #EspíritosObscuros #ViúvaNegra #NóisporNóis #CinemaCon #bilheteria #CoronavírusCovid19 #EspaçoItaúdeCinema #Cinesala #IMS #Sesc #CineSesc #mercadoexibidor #circuitoexibidor #Cinemark #Kinoplex #BelasArtes #ReservaCultural #UCI #cinemasPlayArte #DoisIrmãosUmaJornadaFantástica #Frozen2 #SonicOFilme #AMaldiçãodoEspelho #CineMatilha #CCBB #MostraAbraccine9Curtasde2019 #homevideo #streaming #RodaGigante #VelozesFuriososHobbsShaw #VaiqueCola2 #LostGirlsOsCrimesdeLongIsland #OPoço #JogosVorazesEmChamas #JogosVorazesAEsperançaParte1 #JogosVorazesAEsperançaOFinal #EuDanielBlake #NotasdeRebeldia #NósDuas #AboutEndlessness #ThePerfectCandidate #UmDivãnaTunísia #Midsommar #BlowTheManDown #SpcinePlay #AnaCarolinacineasta #ODespertardasFormigas #OCriado #ODiadoGolfinho #FilmeFilme

 siga o NERVOS: 
 @nervossite 
  • Twitter - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • SoundCloud - Black Circle
  • Spotify - Black Circle
  • Deezer - Black Circle
  • iTunes - círculo preto
  • Branco RSS Icon
  • Twitter B&W
  • Facebook B&W
  • Instagram B&W

© 2020 por Nayara Reynaud. Criado a partir da plataforma Wix.