• Nayara Reynaud

ELLA E JOHN | E a morte como passageira

Atualizado: Ago 14


A primeira aventura do cineasta italiano Paolo Virzì em Hollywood e também em uma produção de língua inglesa já começa no volante. Brevemente, no início, da pick-up de Will (Christian McKay) que ao chegar na casa dos pais, não os encontra nem o velho motorhome da família. Apelidado de The Leisure Seeker – algo como “O Caçador de Lazer” –, nome original do filme e do livro de Michael Zadoorian, o veículo conduz Ella e John (2017), seja os personagens de Helen Mirren e Donald Sutherland em sua viagem rumo ao sul dos Estados Unidos ou o próprio road movie exibido no último Festival de Veneza.

O casal que, costumeiramente, ia visitar os parentes dela na Carolina do Sul com o trailer, quando os filhos eram pequenos, agora volta a usá-lo para finalmente conhecer, em Key West, na Flórida, a casa de Ernest Hemingway, escritor por quem o aposentado professor de Literatura é um grande admirador – e cuja obra, especialmente seu clássico O Velho e o Mar, conversa com o longa. Saindo da famosa Rota 66 que é cenário das páginas do romance e pegando a antiga e menos conhecida cinematograficamente Rota 1 da Costa Leste, o diretor de A Primeira Coisa Bela (2010) e Capital Humano (2013), entre muitos outros trabalhos, leva o público a bordo deste lar sobre rodas se preocupando mais com quem está lá dentro do que com as paisagens pela janela, que são mais adereços à trama. Contudo, também leva junto como companheira de viagem, nunca vista, mas cuja presença é sempre sentida, a morte.

Sim, este é um tema que naturalmente surge em obras que tratam sobre o prazer e a dor de envelhecer, porém o destino certo de todos parece cada vez mais perto do casal. John sofre com o mal de Alzheimer, não só com os esquecimentos até do nome da esposa como igualmente das perdas que vão além da de memória. A demência do marido ainda machuca a mulher, assim como seus filhos preocupados com a fuga dos dois nesta situação, até porque Ella também tem sobre si esta sombra fúnebre – alguns indícios iniciais já dão conta para o espectador de que doença a abate.

Há momentos em que Virzì, que também colabora no roteiro de Stephen Amidon, Francesca Archibugi e Francesco Piccolo, trata com sinceridade estas questões e suas dificuldades de maneira tragicômica, enquanto, em outros, escorrega no melodrama ou se esforça demais para tirar o humor de situações dolorosas demais, mas sem sair do caminho que o público, intuitivamente, já conhece. O cineasta italiano também vislumbra, logo na abertura, uma crítica política com o slogan de Donald Trump do “Make America Great Again” se contrapondo à música It’s Too Late de Carole King, entretanto a viagem que ocorre justamente durante as últimas eleições presidenciais norte-americanas, com os personagens cruzando com as campanhas do candidato que seria eleito e Hillary Clinton, não consegue trabalhar bem este subtexto. A seleção musical, aliás, fora a trilha sonora composta pelo irmão do diretor, Carlo Virzì, é deliciosamente agridoce, indo de Bob Dylan a Chicago e passando por Janis Joplin e sua Me And Bobby McGee.

Enfim, por sua estrutura totalmente centrada em seus protagonistas, o filme se sustenta mesmo pelo seu incrível par de atores centrais ganhadores do Oscar conduzindo suas emoções. Sutherland carrega a aflição no olhar neste vaivém da memória de John e Mirren, que foi indicada ao Globo de Ouro pelo papel, pode até vacilar em seu sotaque sulista que, por vezes, entrega a origem britânica da atriz, mas sua Ella é a guia do espectador nesta busca pelo prazer de um passado que parece perdido e um futuro que não lhes pertence. Do que sobrou disso, só querem ter a chance de saciar a necessidade deles, e de muitos do público-alvo da produção, de contar suas histórias para qualquer estranho em uma das paradas da viagem. Os estranhos da plateia podem até achar esta conversa longa, mas suficientemente agradável a experiência compartilhada.

Ella e John (The Leisure Seeker, 2017)

Duração: 112 min | Classificação: 14 anos

Direção: Paolo Virzì

Roteiro: Stephen Amidon, Francesca Archibugi, Francesco Piccolo e Paolo Virzì, baseado no livro “The Leisure Seeker” de Michael Zadoorian

Elenco: Helen Mirren, Donald Sutherland, Christian McKay, Janel Moloney, Dana Ivey e Dick Gregory (veja + no IMDb)

Distribuição: Sony Pictures

#Cinema #EllaeJohn #Literatura #TheLeisureSeeker #MichaelZadoorian #PaoloVirzì #cinemaitaliano #EUA #Flórida #roadmovie #motorhome #HelenMirren #DonaldSutherland #FestivaldeVeneza #GlobodeOuro #ErnestHemingway #morte #Alzheimer #câncer #ChristianMcKay #JanelMoloney #StephenAmidon #FrancescaArchibugi #FrancescoPiccolo #DonaldTrump #HillaryClinton #política #CaroleKing #BobDylan #Chicago #JanisJoplin #envelhecimento #velhice #drama #comédia

 siga o NERVOS: 
 @nervossite 
  • Twitter - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • SoundCloud - Black Circle
  • Spotify - Black Circle
  • Deezer - Black Circle
  • iTunes - círculo preto
  • Branco RSS Icon
  • Twitter B&W
  • Facebook B&W
  • Instagram B&W

© 2020 por Nayara Reynaud. Criado a partir da plataforma Wix.