© 2019 por Nayara Reynaud. Criado a partir da plataforma Wix.

NERVOS Especial #1 | MOSTRA SP 2019

13/11/2019

 

Nosso podcast chega em um formato diferente, porque a ocasião pede com a 43ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo sendo o destaque deste NERVOS Especial #1. O evento aconteceu na capital paulista e região, de 17 a 30 de outubro, se estendeu até o último dia 6 de novembro com a Repescagem e ainda tem um chorinho até meados deste mês com alguns títulos disponíveis na plataforma de streaming Spcine Play e até o início de dezembro com a Itinerância do Sesc no interior e litoral do estado. E trazemos um pouquinho de tudo que teve nesta edição, com as palavras de alguns realizadores, da crítica e do público.

 

Se a nossa entrevista com o cineasta Karim Aïnouz sobre o candidato brasileiro ao Oscar, A Vida Invisível (2019), foi tema do NERVOS Entrevista #30, agora tem o diretor Sebastian Borensztein e o produtor Federico Posternak falando do representante argentino, A Odisseia dos Tontos (2019), em um trecho da mesa-redonda deles com os jornalistas – confira a matéria completa aqui. Na sequência, vem o início da conversa com a diretora Maša Neškovic e a atriz Mira Janjetovic sobre o filme sérvio Assimetria (2019) – que você lê aqui com transcrição completa. Ainda colocamos um pouco do bate-papo com a equipe de Wasp Network (2019), na coletiva de imprensa que teve a presença do diretor francês Olivier Assayas, do ator venezuelano Édgar Ramírez, do colega argentino Leonardo Sbaraglia e do produtor brasileiro Rodrigo Teixeira.

 

Mas este podcast especial conta com a presença ilustre dos colegas da crítica cinematográfica comentando sobre os melhores filmes e seus achados nesta 43ª edição. São jornalistas de vários estados e regiões do país que se disponibilizaram a dar uma palavrinha, no meio da correria da Mostra, e só temos a agradecer à participação de Alysson Oliveira (SP), Angelo Cordeiro (SP), Bianca Zasso (RS), Cecilia Barroso (DF), Francisco Carbone (RJ), Márcio Sallem (MA), Orlando Margarido (SP) e Robledo Milani (RS). E ainda teve os favoritos do público, representados pelos “mostreiros” Adolfo Garroux, Alceu Moreira Pinto e Hirao, além dos pitacos da nossa editora Nayara Reynaud.

 

*Músicas presentes no podcast (sob licença Creative Commons): “Content”, de Lee Rosevere; “Blind Love Dub”, de Jeris; e “Reusenoise_(DNB_Mix)”, de SpinningMerkaba

 

Ouça no lugar que você quiser: SoundCloud | Spotify | DeezeriTunes | Google Podcasts | Feed | Download

 

> 8s: Introdução

> 2min20s: Trecho da mesa-redonda com o diretor Sebastian Borensztein e o produtor Federico Posternak sobre o filme argentino A Odisseia dos Tontos, em português e “portuñol”

> 6min16s: Trecho da entrevista com a diretora Maša Neškovic e a atriz Mira Janjetovic sobre o filme sérvio Assimetria, em inglês

> 13min37s: Trecho da coletiva de imprensa do filme Wasp Network, com a presença do produtor brasileiro Rodrigo Teixeira, dos atores argentino Leonardo Sbaraglia e venezuelano Édgar Ramírez, e do diretor francês Olivier Assayas, em português, espanhol e inglês

> 28min40s: Os + queridos da Mostra SP 2019 – Crítica

> 45min19s: Os + queridos da Mostra SP 2019 – Mostreiros

> 47min27s: Os + queridos da Mostra SP 2019 – NERVOS

> 52min07s: Encerramento

Os + queridos da Mostra SP 2019

 

 

Crítica

 

> Alysson Oliveira (Cineweb / São Paulo-SP)

Melhor Filme: La Llorona (2019), de Jayro Bustamante (Guatemala / França)

Achado: Os Dias da Baleia (2019), de Catalina Arroyave Restrepo (Colômbia)

 

> Márcio Sallem (Cinema com Crítica / São Luís-MA)

Melhor Filme: Parasita (2019), de Bong Joon-ho (Coreia do Sul), e O Farol (2019), de Robert Eggers (Estados Unidos)

Achado: Até Logo, Meu Filho (2019), de Wang Xiaoshuai (China)

 

> Bianca Zasso (Formiga Elétrica / Santa Maria-RS)

Melhor Filme: Honeyland (2019), de Ljubomir Stefanov e Tamara Kotevska (Macedônia do Norte)

Achado: Papicha (2019), de Mounia Meddour (Argélia / França / Bélgica / Catar)

 

> Cecilia Barroso (Cenas de Cinema / Brasília-DF)

Melhor Filme: Synonyms (2019), de Nadav Lapid (França / Israel / Alemanha)

Achado: System Crasher (2019), de Nora Fingscheidt (Alemanha) e O que Arde (2019), de Oliver Laxe (França / Luxemburgo / Espanha)

 

> Francisco Carbone (Cineplayers / Rio de Janeiro-RJ)

Melhor Filme: O Farol

Achado: Um Dia Muito Claro (2019), de Hlynur Pálmason (Islândia / Dinamarca / Suécia)

 

> Robledo Milani (Papo de Cinema / Porto Alegre-RS)

Melhor Filme: Synonyms

Achado: Patrick (2019), de Gonçalo Waddington (Portugal / Alemanha)

 

> Angelo Cordeiro (Nerd Interior / Indaiatuba-SP)

Melhor Filme: Até Logo, Meu Filho

Achado: Oleg (2019), de Juris Kursietis (Letônia / Bélgica / Lituânia / França)

 

> Orlando Margarido (Blog Orlando Margarido / São Paulo-SP)

Melhor Filme: O Diabo Entre as Pernas (2019), de Arturo Ripstein (México / Espanha)

Achado: O Umbigo de Guie’dani (2019), de Xavi Sala (México)

 

 

Mostreiros

 

> Adolfo Garroux

Favorito: Até Logo, Meu Filho

 

> Alceu Moreira Pinto

Favorito: Monos (2019), de Alejandro Landes (Colômbia / Holanda / Argentina / Alemanha / Suécia / Uruguai) e O Farol

 

> Hirao

Favorito: Koko-Di Koko-Da (2019), de Johannes Nyholm (Suécia / Dinamarca)

 

 

NERVOS

 

> Nayara Reynaud

Melhor Filme: Honeyland

Achado: Currais (2019), de David Aguiar e Sabina Colares (Brasil) e Saint Frances (2019), de Alex Thompson (Estados Unidos)

 

 

=> Confira aqui o caminho para toda a cobertura do NERVOS nesta 43ª Mostra

 

Compartilhar
Tweetar
Please reload

 Textos relacionados: 
Please reload

 últimas: 
Please reload

 siga o NERVOS: 
 @nervossite 
  • Twitter - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • SoundCloud - Black Circle
  • Deezer - Black Circle
  • Spotify - Black Circle
  • Branco RSS Icon
  • Twitter B&W
  • Facebook B&W
  • Instagram B&W