© 2019 por Nayara Reynaud. Criado a partir da plataforma Wix.

Cine Resumão #40 | Mensal de 01 a 27/01

28/01/2019

A temporada de premiações veio com tudo neste mês de janeiro, mas isso não quer dizer que o Cine Resumão iria perder todas as novidades deste início de ano. Dos trailers e cartazes às notícias dos festivais e de todo o mundo do cinema que saíram de 1º a 27 de janeiro, estão todos reunidos nesta edição #40.

Premiações

Trailers e Cartazes

  • Um dos títulos de destaque desta temporada de premiações é o drama Se A Rua Beale Falasse (2018), que estreia dia 7 de fevereiro nos cinemas brasileiros, com distribuição da Sony. O novo longa-metragem de Barry Jenkins, diretor de Moonlight: Sob a Luz do Luar (2016), que ganhou a estatueta de Melhor Filme, está indicado a três Oscars – de Melhor Atriz Coadjuvante para Regina King, Roteiro Adaptado e Trilha Sonora – e é baseado no livro de James Baldwin, que conta a história de uma jovem grávida de 19 anos que precisa enfrentar o racismo do sistema para tentar libertar o noivo que foi preso injustamente no Harlem dos anos 1970.

 

  • Outro diretor que figurou no último Oscar e traz novidades em breve é Jordan Peele, que depois do terror satírico Corra! (2017), apresenta o thriller Nós (2019), com Lupita Nyong’o e Elisabeth Moss no elenco. No primeiro trailer internacional do filme que tem o lançamento marcado para 21 de março, pela Universal, vemos uma família em férias que se depara com um pesadelo ao serem perseguidos por eles mesmos.

 

  • Outro aguardado novo trabalho de um cineasta em ascensão é Velvet Buzzsaw (2019), filme de Dan Gilroy, o responsável pelo incisivo O Abutre (2014). Se antes o alvo era o jornalismo sensacionalista, agora é o mundo da arte contemporânea em Los Angeles, tendo novamente Jake Gyllenhaal e Rene Russo no elenco. A produção da Netflix estreou no último domingo (27), no Festival de Sundance, estará disponível na plataforma de streaming a partir da próxima sexta, 1º de fevereiro.

 

  • O próximo longa do aclamado cineasta Steven Soderbergh também é uma produção da Netflix e entra no catálogo do serviço em 8 de fevereiro. Pelo que dá para conferir no trailer, High Flying Bird (2019) é um drama esportivo no qual agentes e jogadores tentam tirar o basquete norte-americano do controle da NBA.

 

  • Exibido no Festival de Cannes no ano passado, Todos Já Sabem (2018) é o primeiro filme do cineasta iraniano Asghar Farhadi em língua espanhola e conta com, ninguém menos do que Javier Bardem, Penélope Cruz e Ricardo Darín no elenco. A produção que será lançada aqui pela Paris Filmes, em 14 de fevereiro, ganhou pôster e trailer que revelam o drama de uma família que tem seus segredos expostos a partir de um sequestro.

 

 

  • O polêmico diretor de Irreversível (2002) e Love 3D (2015), o francês Gaspar Noé vem para o Brasil, na pré-estreia do seu novo longa Climax (2018), que será lançado na próxima quinta, 31 de janeiro, pela Imovision. O cineasta estará nesta terça, 29, em São Paulo, e na quarta, 30, no Rio de Janeiro, divulgando a sua viagem psicodélica em uma festa de um grupo de dançarinos que foge de controle e caminha para a tragédia.

 

  • Frenético também promete ser o terceiro capítulo da franquia de ação estrelada por Keanu Reeves, pelo que revelam o cartaz e o teaser trailer de John Wick 3 – Parabellum (2019) – veja o vídeo dublado aqui. No filme dirigido por Chad Stahelski, que será lançado pela Paris em 16 de maio, John Wick tem sua cabeça a prêmio após matar no Hotel Continental e precisa fugir de dezenas de assassinos em busca da recompensa de US$ 14 milhões para mata-lo, pedindo ajuda para uma velha amiga vivida por Halle Berry.

 

 

  • Tem ação também na Netflix com a estreia do longa Close (2019) no próximo dia 8 de fevereiro, com Naomi Rapace vivendo uma história inspirada no trabalho de Jacquie Davis, primeira guarda-costas feminina do mundo. Na trama dirigida por Vicky Jewson, ela precisa proteger uma herdeira (Sophie Nélisse) que se torna alvo de assassinos de aluguel.

 

  • Mais sanguinário é o próximo filme com o selo Liam Neeson de pancadaria, no qual o ator interpreta um pacato motorista de máquina limpa-neves que busca vingança pela morte do seu filho. O primeiro trailer de Vingança a Sangue-Frio (2019) – veja também a versão dublada – foi divulgado pela Paris, que lança o longa em 14 de fevereiro, e mostra que Laura Dern, Emmy Rossum, Tom Bateman e William Forsythe também completam o elenco.

 

Bilheteria

  • Neste último final de semana de janeiro, o final da trilogia de M. Night Shyamalan, Vidro (2019), seguiu liderando a bilheteria norte-americana em sua segunda semana em cartaz, com US$ 18,8 milhões e um total acumulado de US$ 73,4 milhões. Na vice-liderança, Amigos Para Sempre (2017) rendeu US$ 11,9 milhões que somou ao bom desempenho nessas três semanas de US$ 62,8 milhões. Em terceiro, permanece Aquaman (2018), já na sexta semana, com US$ 7,2 milhões; a fantasia britânica O Menino que Queria Ser Rei (2019) estreou com discretos US$ 7,1 milhões e a quarta posição; e a animação Homem-Aranha no Aranhaverso (2018) fechou o top 5 com US$ 6,1 milhões em sua sétima semana.

 

  • A bilheteria brasileira fechou este fim de semana com a animação Como Treinar o Seu Dragão 3 (2019) e seus R$ 8,6 milhões de renda novamente no topo. Na sequência, a comédia nacional Minha Vida em Marte (2018) arrecadou R$ 4,5 milhões e está muito próximo de ultrapassar a barreira dos 4 milhões de espectadores estando há um mês em cartaz – aliás, vale ressaltar que neste mês, a aventura infantil brasileira Detetives do Prédio Azul 2 – O Mistério Italiano (2018) conseguiu um público de mais de 1 milhão de pessoas. A sequência Creed II (2018) estreou na terceira posição, com R$ 3,9 milhões; sendo seguida por Vidro, com R$ 3,7 milhões; e WiFi Ralph – Quebrando a Internet (2018), com R$ 3,2 milhões – veja a lista completa do Top 10 Brasil na página do Cine Resumão. Também vale frisar que o filme Aquaman, que já acumula um público de 8,3 milhões de pessoas no Brasil e a marca de R$ 135,5 milhões, se tornando a maior bilheteria da Warner no país, também atingiu US$ 1 bilhão nas bilheterias mundiais.

 

  • O Espaço Itaú de Cinema antecipou para esta quinta (31) a estreia de “Guaxuma e Outras Histórias”, programa que reúne três premiados curtas-metragens da cineasta alagoana Nara Normande: a animação que mistura diversas técnicas para relembrar sua infância e a homenagear sua melhor amiga, Guaxuma (2018), que levou prêmios no Festival de Gramado, Brasília e Anima Mundi; a ficção em live action Sem Coração (2014), com a história de uma menina com marca-passo e sua relação com os garotos da praia, que foi agraciada na Quinzena dos Realizadores de Cannes; e o stop motion inspirado em uma pintura de Van Gogh, Dia Estrelado (2011), acompanhando um menino e sua família na aridez do sertão, laureado em diversos festivais nacionais. Com distribuição da Arteplex Filmes, a programação com o trio de obras da curtametragista será exibida diariamente, em seis cinemas da rede, com ingressos a R$ 14,00 (inteira) e R$ 7,00 (meia).

 

Compartilhar
Tweetar
Please reload

 Textos relacionados: 
Please reload

 últimas: 
Please reload

 siga o NERVOS: 
 @nervossite 
  • Twitter - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • SoundCloud - Black Circle
  • Deezer - Black Circle
  • Spotify - Black Circle
  • Branco RSS Icon
  • Twitter B&W
  • Facebook B&W
  • Instagram B&W