© 2019 por Nayara Reynaud. Criado a partir da plataforma Wix.

WESTERN | Explorando fronteiras

15/03/2018

 

O título já é suficientemente declaratório, porém, Western (2017) não é meramente um faroeste transposto para um cenário europeu. O filme de Valeska Grisebach se apropria mais do espírito do gênero e suas discussões sobre o embate de culturas e masculinidade do que necessariamente de sua estrutura, embora use alguns símbolos inerentes para remetê-lo, a exemplo da bandeira marcando território ou do cavalo como um personagem importante na trama.

 

No caso, é o Oeste – mais exatamente, os representantes da rica Europa Ocidental – que vai de encontro ao Leste – Europeu, ainda em um estágio bem inferior de desenvolvimento – quando operários alemães vão trabalhar na construção de uma barragem no interior da Bulgária, já próximo à fronteira da Grécia. Mas a ideia de explorar uma relação entre colonizador e colonizados permanece na dinâmica que se estabelece entre os funcionários estrangeiros e os moradores locais. Especialmente ao ecoar um passado não tão distante, quando na II Guerra Mundial, os nazistas dominaram os búlgaros e tomaram as suas terras como parte de seu Terceiro Reich.

 

Esse autoexame nacional e continental da cineasta alemã foi exibido na seção Un Certain Regard do último Festival de Cannes, tendo na produção o nome de Maren Ade, de Toni Erdmann (2016), o qual Grisebach participou como consultora de roteiro. Repetindo o que fez em seu filme de estreia, o coming of age Mein Stern (2001) que foi seu trabalho de graduação premiado pela crítica internacional em Toronto, e no seguinte Sehnsucht (2006), o romance dramático sobre um metalúrgico, bombeiro voluntário e feliz pai de família que se apaixona por uma garçonete da cidade vizinha, a diretora filma com um elenco de atores não profissionais em seu terceiro longa. Retirando uma especial força de seu (não)ator principal, Meinhard Neumann, para conduzir uma obra que exige paciência do espectador no seu jogo entre os conflitos iminentes e uma condução que preza pelo anticlímax.

 

Na pele justamente de Meinhard, o operário que se aproxima dos búlgaros, enquanto seu chefe rude e intempestivo Vincent (Reinhardt Wetrek) segue o caminho do confronto com os locais, há uma melancolia e um sentimento de não-pertencimento. Contudo, por mais que a sua amizade com o proprietário e empresário Adrian (Syuleyman Alilov Letifov) seja construída de maneira tão simples e verdadeira, há uma incerteza neste protagonista, que se diz ter sido um legionário, mas cujas intenções não são totalmente claras, tornando tudo mais instigante. Assim, como os moradores da pequena vila se dividem entre a ideia da eficiência alemã melhorar suas vidas e o medo dos poderosos forasteiros, o filme fica na dúvida se essa aproximação, que pode superar a barreira da língua, pode ser realmente completa, fazendo com que Western não ultrapasse realmente as fronteiras de seu próprio conceito.

Western (Western, 2017)

Duração: 119 min | Classificação: 12 anos

Direção: Valeska Grisebach

Roteiro: Valeska Grisebach

Elenco: Meinhard Neumann, Reinhardt Wetrek, Syuleyman Alilov Letifov, Veneta Fragnova, Viara Borisova, Kevin Bashev, Aliosman Deliev, Momchil Sinanov, Robert Gawellek, Jens Klein, Waldemar Zang, Detlef Schaich, Sascha Diener, Enrico Mantei e Gulzet Zyulfov (veja + no IMDb)

Distribuição: Zeta Filmes

 

 

Compartilhar
Tweetar
Please reload

 Textos relacionados: 
Please reload

 últimas: 
Please reload

 siga o NERVOS: 
 @nervossite 
  • Twitter - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • SoundCloud - Black Circle
  • Deezer - Black Circle
  • Spotify - Black Circle
  • Branco RSS Icon
  • Twitter B&W
  • Facebook B&W
  • Instagram B&W