© 2019 por Nayara Reynaud. Criado a partir da plataforma Wix.

Cine Resumão #14 | Semana de 29/03 a 04/04

06/04/2017

Abril trará uma gama enorme de filmes à disposição dos cinéfilos com o Festival Sesc Melhores Filmes, que traz o melhor dos cinemas em 2016 de volta às telas, e os novos documentários e retrospectivas do É Tudo Verdade, cuja cobertura da coletiva é destaque neste Cine Resumão #14, que também traz os principais trailers lançados entre 29/03 e 04/04: A Múmia (2017), IT: A Coisa (2017), Annabelle 2 (2017), Meus 15 Anos (2017) e muito mais.

Premiações e Festivais

  • O NERVOS esteve presente na coletiva realizada nesta terça (4), em São Paulo, do festival internacional de documentários É Tudo Verdade, que será realizado entre os dias 19 e 30 de abril, tanto na capital paulista como no Rio de Janeiro. Ao lado de Silvia Maria Guidolin, economista do Departamento da Regional Sul do BNDES, e de Eduardo Saron, diretor do Instituto Itaú Cultural, Amir Labaki trouxe os destaques desta 22ª edição, cuja força se revela nos números e na seleção.

Foto: Nayara Reynaud

 

Para o crítico fundador do É Tudo Verdade, o fato do evento ter estabelecido seu papel em uma época em que não havia festivais especializados em documentários na América Latina conferiu autoridade e legitimidade a ele, fazendo com que não se sentisse tanto os efeitos da crise, já que vem neste ano com o mesmo tamanho do anterior: a nova edição traz 82 filmes de 30 países, sendo 18 estreias mundiais. A recessão, não só no Brasil, mas em todo mundo, talvez se sinta na grande quantidade de produções com financiamento coletivo.

Outras tendências da seleção de 2017 são observadas nos filmes de abertura. A do documentário familiar está presente em Eu, Meu Pai e Os Cariocas – 70 Anos de Música no Brasil (2017), primeiro longa de Lúcia Veríssimo, que abre o festival no Rio de Janeiro, no dia 19/04, no qual ela resgata a importância do grupo cujo um dos integrantes era o seu pai. No dia seguinte, é a vez de Cidades de Fantasmas (2016) abrir as sessões em São Paulo, mostrando a urgência de algumas obras selecionadas em mostrar a situação da Síria; no caso da produção norte-americana de Matthew Heineman, o foco sem pudor é na barbárie em Raqqa, demonstrando, para Labaki, a importância do jornalismo nestes tempos.

Amir também destacou a presença na programação de No Intenso Agora (2017), novo documentário de João Moreira Salles, que, para o diretor do festival, é o “filme do ano no Brasil e um dos filmes do ano no mundo”. Além disso, o evento traz, pela primeira vez, a Competição Internacional de Longas Latino-Americanos, que atraiu um grande número de inscrições e deu trabalho à curadoria, já que, do total de 147, só 7 títulos foram selecionados para a mostra que ocorrerá no Itaú Cultural. O instituto também promove um “esquenta” em seu canal online, com obras que marcaram a história do É Tudo Verdade, incluindo um dos últimos vencedores, A Paixão de JL (2015), de Carlos Nader.

A programação ainda conta com a Retrospectiva Internacional – 100: De Volta à URSS, com filmes menos conhecidos da produção documental soviética garimpados pelo próprio Amir e seu filho Luis Felipe Labaki, pesquisador do tema que esteve ao seu lado na curadoria, além da nacional, focada na obra de Sergio Muniz, a qual o crítico destacou sua importância histórica. Por isso, a imagem utilizada no pôster e em toda divulgação desta 22ª edição, e que foi retirada do Acervo Vertov, destaca o trem em que o então cineasta iniciante projetava e discutia filmes por onde passava. Já o centenário do documentarista etnográfico pioneiro, Jean Rouch, é um dos temas da Conferência Internacional do Documentário É Tudo Verdade – Petrobrás, a ser realizada no Centro Cultural São Paulo.

Logo após a coletiva, foi exibido o existencial Permanecer Vivo – Um Método (2016), documentário de Erik Lieshout que mostra a relação de trechos do ensaio , do escritor francês Michel Houellebecq com a vida do roqueiro Iggy Pop e de outras pessoas afetadas pelas dificuldades de se manter vivo e produzir arte disso. A crítica será publicada em breve aqui no site ;)

 

  • Começa nesta quarta (5), com a exibição de Cora Coralina – Todas as Vidas (2015), de Renato Barbieri, na cerimônia de abertura, o Festival Sesc Melhores Filmes, que traz os longas nacionais e internacionais escolhidos pelo público e pela crítica – votação da qual a jornalista Nayara Reynaud, do NERVOS, participa há três anos. Para conferir todos os filmes selecionados e seus horários na programação do CineSesc, além das atividades paralelas, é só entrar no site.

 

  • O que ambos os festivais têm em comum é a presença das Elviras – Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema para debater a presença feminina no cinema. Dentro da programação do Festival Sesc Melhores Filmes, haverá um Cinema da Vela Especial no dia 19/04, às 19h30 no CineSesc, em que as integrantes do coletivo, Neusa Barbosa, Isabel Wittmann e Mila Ramos, discutirão sobre as mulheres na crítica cinematográfica, enquanto uma vela permanece acesa. No dia 21/04, é a vez das “Elviras” Flavia Guerra e Neusa Barbosa mediarem uma mesa com realizadoras convidadas no É Tudo Verdade, que, às 17h na Sala Lima Barreto do CCSP, abordará o papel das diretoras no gênero documental.

Trailers

  • Como um aperitivo para Viva – A Vida é uma Festa (2018), animação que será lançada só em 4 de janeiro, a Disney Pixar soltou O Almoço de Dante – Um Conto Curto (2017), um simpático curta-metragem que apresenta o “perro”, ou melhor, o cachorro do protagonista do futuro longa.

  • Um terceiro e novo capítulo da franquia de animação russa, inspirada no mesmo conto de Hans Christian Andersen que gerou Frozen (2013), chega em 10 de agosto, com O Reino Gelado: Fogo e Gelo (2016), cujo trailer dublado, com as vozes de Larissa Manoela, João Cortês e João Guilherme Ávila, foi liberado esta semana.

  • E a atriz teen Larissa Manoela também foi destaque no teaser de Meus 15 Anos, tanto com as cenas do filme adolescente estrelado por ela quanto na trilha sonora, com sua voz embalando as desventuras e conflitos da jovem prestes a debutar. Estreia em 22 de junho.

  • Outra produção nacional que ganhou seu trailer oficial nos últimos dias foi Joaquim (2017), novo trabalho de Marcelo Gomes que resgata um período na vida do militar que se tornaria um inconfidente e viria ser conhecido como Tiradentes e que será lançado na véspera do feriado do mártir.

  • Rei Arthur: A Lenda da Espada (2017), a versão gangsta medieval de Guy Ritchie da lendário figura, ganhou um trailer final, ao som de Led Zeppelin. Estrelado por Charlie Hunnam, o filme chega 18 de maio aos cinemas.

  • As batalhas, mas desta vez contemporâneas, servem de pano de fundo para War Machine (2017), produção da Netflix, disponível a partir de 26 de maio, protagonizada por Brad Pitt, que vive a ascensão e queda de um general chamado para arrumar a bagunça norte-americana no Afeganistão.

  • Outra guerra, mas em um mundo de fantasia espacial, está vindo em Valerian e a Cidade dos Mil Planetas (2017), em que Dane DeHaan e Cara Delevingne irão impedir a destruição da paz universal obtida até então. O longa de Luc Besson estreia em 10 de agosto.

  • No entanto, a semana foi marcada pela divulgação de dois filmes de terror. Um deles é a sequência de uma franquia bem-sucedida do gênero. Do mesmo universo de Invocação do Mal, vem aí Annabelle 2, com produção de James Wan e direção de David F. Sandberg, de Quando as Luzes se Apagam (2016), trazendo a amedrontadora boneca para o convívio de órfãs na produção com lançamento previsto para 17 de agosto.

  • O outro exemplar do gênero é IT: A Coisa, novo thriller baseado no livro de Stephen King que é o verdadeiro terror de quem tem medo de palhaços, com a figura de Pennywise voltando a assombrar as crianças da produção que estreia dia 7 de setembro.

 

Cartazes

  • Com os acordes de Paint It Black, dos Rolling Stones, veio o novo trailer de A Múmia, que, para se diferenciar do tom cômico da franquia de aventura estrelada por Brendan Fraser, mistura Missão Impossível com Egito, em um thriller de ação com Tom Cruise e Sofia Boutella. Além do lançamento mundial do vídeo, também foi divulgado o teaser pôster nacional do longa que estará nos cinemas em 8 de junho.

 

  • A verdade vem à tona com a volta de Christian a sua cidade, afetando a vida de seu amigo de infância, que nada sabe sobre um segredo do passado de sua esposa. Essa é a trama do longa australiano A Filha (2016), que será lançado em 4 de maio e tem Geoffrey Rush, Sam Neil, Miranda Otto, Paul Schneider, Ewen Leslie, Anna Torv e Odessa Young no elenco.

 

  • Camila Morgado e Murilo Benício levam um Divórcio (2017) até as últimas consequências, na comédia nacional que estreia em 22 de junho. Com muito sotaque interiorano, o trailer foi liberado hoje, mas antes seu cartaz foi divulgado.

 

Datas

  • Depois de uma boa passagem no Festival de Berlim, Como Nossos Pais (2017) ganhou data de lançamento no circuito: em 31 de agosto, o novo longa de Laís Bodanzky entra em cartaz no Brasil, com Maria Ribeiro, Paulo Vilhena, Sophia Valverde, Annalara Prates, Clarisse Abujamra, Jorge Mautner, Herson Capri e Cazé Peçanha no elenco deste retrato de gerações.

Em exibição

  • Rogue One: Uma História Star Wars (2017) chega em DVD e Blu-ray™ nesta quarta, dia 5. O spin-off de Star Wars com Felicity Jones, Diego Luna, Ben Mendelsohn, Mads Mikkelsen e Forest Whitaker, que mostra a missão rebelde para roubar os planos da Estrela da Morte, será lançada também em Blu-ray™ 3D e duplo nas embalagens standard e steelbook, junto a uma série de bônus.

 

Compartilhar
Tweetar
Please reload

 Textos relacionados: 
Please reload

 últimas: 
Please reload

 siga o NERVOS: 
 @nervossite 
  • Twitter - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • SoundCloud - Black Circle
  • Deezer - Black Circle
  • Spotify - Black Circle
  • Branco RSS Icon
  • Twitter B&W
  • Facebook B&W
  • Instagram B&W