© 2019 por Nayara Reynaud. Criado a partir da plataforma Wix.

Louane | A voz da Família Bélier nas paradas de sucesso

31/01/2017

 

 

 

Nome completo: Anne Peichert

Nome artístico: Louane Emera ou, apenas, Louane

Data de nascimento: 26/11/1996

Local de origem: Hénin-Beaumont, França

Veículo (*como chegou até aqui): função Live no aplicativo TrackID™, que mostra as pesquisas de músicas que estão sendo realizadas pelo mundo, em tempo real – Avenir, em sua versão para rádio, apareceu duas vezes dentro de poucos minutos

 

Para o público fora da França, é impressionante ouvir a voz da jovem que protagoniza a comédia dramática A Família Bélier (2014). Mas os franceses não se surpreenderam com o talento vocal da atriz que interpretava a adolescente ouvinte de uma família de surdos, porque já conheciam Louane Emera como cantora. A garota era uma figura marcante nos reality shows de competição musical do país antes do lançamento do longa francês.

 

O primeiro em que ela apareceu foi o L'École Des Stars (2008-2009), que trazia várias crianças e pré-adolescentes para mostrar o seu tenro talento. Ainda usando seu nome de batismo, Anne, com 13 anos recém-completos, impressionou com interpretações de clássicos como Ne Me Quitte Pas e conseguiu chegar à final da segunda temporada dessa “escola de estrelas”, em 2009, ficando em segundo lugar.

 

 [Para ver e ouvir apenas a apresentação dela, é só colocar nos 35 segundos do vídeo]

 

Quatro anos depois, ela participou da segunda temporada de outro reality musical, só que um mais reconhecido internacionalmente: a versão francesa do The Voice: la plus belle voix' (2012-), quando se mostrou como uma revelação para um público maior. Cantando Un Homme Heureux, de William Sheller, na audição, Anne, já se apresentando como Louane, obteve o feito de virar as quatro cadeiras.

 

 [A apresentação dela começa em 1m25s de vídeo]

 

A garota escolheu o time de Louis Bertignac e avançou as etapas da competição, sempre ganhando mais a atenção dos espectadores. Porém, parou sua caminhada na semifinal da atração, quando se apresentou com Quelqu'un M'a Dit, de Carla Bruni, que os brasileiros conhecem por ter sido tema das novelas Belíssima (2005-2006) e Império (2014-2015).

 

 

A participação no show, no entanto, rendeu para ela um fruto inesperado: o diretor Éric Lartigau a convidou para estrelar o seu próximo filme, justamente A Família Belier. A voz era um requisito importante para o papel de Paula, uma jovem de 16 anos cujos pais e o irmão são surdos e que, por ser a única que ouve, se torna uma faz-tudo na fazenda da família, enquanto vislumbra o sonho de poder cantar ao descobrir o seu talento para a música na escola. Emera surpreendeu a todos com sua interpretação, com o qual recebeu o prêmio de Atriz Revelação no César, considerado o “Oscar francês”, e foi responsável por uma das cenas mais genuínas envolvendo um número musical na telona, em que canta Je Vole, canção de Michel Sardou de 1978.

 

 

[Se você já assistiu ao filme e a dita cena não será um spoiler, vale a pena revê-la, com legendas, aqui]

 

A cena em que ela canta sua emancipação lembra o fato da própria Louane ter sido obrigada a se tornar independente bem cedo, ao ficar órfã na adolescência. Seu pai faleceu meses antes do The Voice e, em uma das etapas da competição, a jovem dedicou sua apresentação de Imagine, de John Lennon, a ele.

 

 

Um ano depois, ela perdeu a mãe, a quem também prestou a sua homenagem em Mamam, música que faz parte de seu primeiro álbum, Chambre 12.

 

 

Mas antes de ter o seu disco e o filme chegar aos cinemas, Louane lançou o seu primeiro single fora do programa musical, a romântica canção pop Jour 1, com a qual atingiu a sexta posição nas paradas francesas.

 

 

Aliás, com o lançamento de seu álbum, a artista confirmou essa tendência à música pop, com elementos eletrônicos, sem deixar de lado a tradição das grandes cantoras e dos renomados intérpretes da França. Isso é muito “audível” nas faixas de Chambre 12, que recebeu o certificado de disco de diamante duplo ao ultrapassar a marca de 1 milhão de vendas, e vão do viciante hit Avenir – especialmente em sua versão para a rádio –, que alcançou o primeiro lugar nas paradas, à regravação de Je Vole, que a marcou no filme.

 

 

Com 20 anos de idade, a cantora permaneceu em turnê, pelo menos até o ano passado, quando chegou a se apresentar, junto com Charlie Puth, em uma homenagem às vitimas do Bataclan nos atentados de Paris, de novembro de 2015. Enquanto isso, como atriz, a jovem participou da dublagem francesa de Trolls (2016) e emprestará a sua voz em outra animação, Sahara (2017), e agora filma o drama de guerra Nos Patriotes (2017), de Gabriel Le Bomin. Assim, o futuro que ela clama em Avenir parece reservar ainda muito mais para Louane e o público que ela vai conquistando pelo caminho.

 

Compartilhar
Tweetar
Please reload

 Textos relacionados: 
Please reload

 últimas: 
Please reload

 siga o NERVOS: 
 @nervossite 
  • Twitter - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • SoundCloud - Black Circle
  • Deezer - Black Circle
  • Spotify - Black Circle
  • Branco RSS Icon
  • Twitter B&W
  • Facebook B&W
  • Instagram B&W